Ferrari cita relação com Vettel para justificar permanência e nega que Räikkönen seja um piloto de “baixo custo”

Chefe da Ferrari, Maurizio Arrivabene citou o resultado de uma pesquisa da GPDA que apontou Kimi Räikkönen como o piloto mais popular da F1, mas destacou que o apreço dos fãs não teve influência na renovação do contrato. Dirigente citou que o finlandês não é um piloto de “baixo custo” e tem uma boa relação com Sebastian Vettel.

Embora no centro de muitas especulações e alvo do interesse de muitos pilotos, a Ferrari decidiu renovar o contrato de Kimi Räikkönen, que, assim, seguirá como companheiro de Sebastian Vettel na temporada 2016 da F1.
 
Mesmo reconhecendo a popularidade do piloto de 35 anos, Maurizio Arrivabene, chefe da Ferrari, afirmou que o apreço dos fãs pelo finlandês não motivou a decisão de Maranello, tampouco a beleza de Kimi.
Kimi Räikkönen foi apontado como piloto mais popular da F1 (Foto: Ferrari)
“A GPDA fez uma pesquisa muito séria e cuidadosa sobre quais pilotos são os mais apreciados pelos fãs, e Kimi foi o primeiro”, lembrou Arrivabane, que antes de chegar ao comando da Ferrari, era um executivo de marketing da Marlboro. “É óbvio que nós não o confirmamos por esta razão, nem porque ele tem olhos azuis e cabelo loiro. Nós renovamos com ele, pois, quando você está reunindo um time jovem, você precisa encontrar o equilíbrio certo”, seguiu.
 
 “Kimi é um campeão e se dá muito bem com Seb, dando uma grande contribuição ao time de desenvolvimento”, reforçou.
 
Ainda assim, alguns rumores sugerem que Räikkönen reduziu seu pedido salarial para 2016, mas Arrivabene garante que o finlandês não é um piloto de “baixo custo”.
 
“Tem voos de baixo custo, mas não vejo muitos pilotos de baixo custo em um determinado nível”, considerou. “E isso se aplica a jogadores de futebol, pilotos e, de forma mais geral, aos atletas top de qualquer disciplina”, concluiu.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube