Ferrari considera trocar chassi de Vettel para resolver mistério da falta de ritmo

Ninguém sabe ao certo o motivo por trás das corridas horríveis de Sebastian Vettel em Silverstone, que renderam um único ponto. Mattia Binotto não descarta trocar o chassi do alemão

Os dois GPs da Fórmula 1 em Silverstone foram miseráveis para Sebastian Vettel, que conseguiu apenas um décimo e um 12° lugar, isso enquanto o companheiro Charles Leclerc foi terceiro e quarto. Ninguém tem respostas claras para a discrepância de resultados, o que deixa a Ferrari aberta até mesmo a soluções exóticas para o carro #5. De acordo com o chefe Mattia Binotto, é possível até mesmo que o chassi seja trocado, caso o atual tenha algum defeito indetectável.

“É algo que ainda não discutimos, mas faz parte de uma conversa que se pode ter dentro de uma equipe”, disse Binotto após o GP dos 70 Anos. “Estamos abertos a isso se for algo que possa ajudar. Por quê não? Acho que é importante, tanto para nós quanto para o Sebastian [Vettel], fazer tudo que possa ajudar”, seguiu.

“Do ponto de vista do piloto e da equipe, é uma questão de melhorar nas próximas corridas. É importante, então estou aberto a isso. Vou deixar que piloto e equipe decidam”, destacou.

O GP dos 70 Anos foi muito complicado para Sebastian Vettel (Foto: Ferrari)

A corrida de Vettel já estava destinada a ser difícil após apenas o 12° tempo no treino classificatório. Tudo piorou após erro do alemão na largada, que rodou sozinho e caiu para último. A cereja no bolo foi um desentendimento do piloto com a equipe a respeito da estratégia, que não funcionou como esperado e rendeu mais um GP sem pontos.

Vettel deixa o quinto GP de 2020 em um inacreditável 13° lugar no Mundial de Pilotos, situação que não era vivida desde os dias de Toro Rosso. Leclerc, mesmo milhas distante da luta pelo título, aparece em quarto.

A boa notícia para Vettel é que a passagem pela Ferrari está próxima do fim. A equipe anunciou ainda em abril o divórcio, deixando o alemão livre no mercado para negociar com a Racing Point para 2021, quando a equipe vira Aston Martin.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube