Ferrari cria carro mais rápido em curvas. E agora “paga por isso” em retas

Mattia Binotto e Sebastian Vettel concederam entrevista nesta quarta-feira (26) em Barcelona. E concordaram em algo: as mudanças na SF1000 fizeram da Ferrari melhor em curvas - mas pior em outro ponto importante


 

A SF1000 nem estreou oficialmente em um GP, mas já passou por mudanças nos testes de pré-temporada em Barcelona e já se planeja uma alteração para o mês de maio. 

Isso indica uma Ferrari bem diferente da que foi vista em 2019 – e Mattia Binotto e Sebastian Vettel, durante entrevista nesta quarta-feira (26), confirmaram este sentimento. Para o bem – e para o mal.

Segundo o chefe e o piloto, os carros da escuderia italiana foram produzidos com foco no ganho em curvas – e isso faz com que paguem em outros pontos.

Mattia Binotto (Foto: Reprodução)
Paddockast #49
RAÍ CALDATO: O ARTISTA PREFERIDO DE LEWIS HAMILTON

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM


"O que falta para nós? O carro dessa temporada, comparado com o da última, é no geral mais rápido, mas mais ainda nas curvas e mais devagar nas retas", disse Binotto.

"Foi um dos objetivos na construção do carro, pois sabíamos que no ano passado éramos muito lentos nas curvas, então tentamos colocar o máximo de downforce que pudemos para que ele fosse assim. Mas agora estamos pagando por isso nas retas. Acho que precisamos melhorar em termos de equilíbrio. Mas é parte do trabalho e de nossas tarefas para essa semana", explicou o dirigente.

Sebastian Vettel (Foto: Ferrari)

Vettel seguiu a linha de seu comandante, confirmando que um dos objetivos para o ano era essa mudança específica e destacando, também, a gestão de pneus.

"Como Mattia disse, gostaríamos de estar numa posição melhor no momento, mas é justo, também, dizer que a temporada é muito longa, e nem a começamos ainda. Então acho que precisamos pensar mais em nós mesmos."

"Temos muito trabalho a fazer. O carro deu um passo à frente. Acho que, agora, podemos melhorar a partir deste ponto. O tempo dará a melhor resposta", finalizou o tetracampeão do mundo. 

GRANDE PRÊMIO cobre AO VIVO, em TEMPO REAL e ‘in loco’ os testes de pré-temporada da F1 em Barcelona com o repórter Vitor Fazio. Siga tudo aqui.

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube