Ferrari foi para “outro nível” no Japão, diz Hamilton: “Não pudemos competir”

Lewis Hamilton ficou longe de mostrar uma insatisfação com a performance da Mercedes no treino classificatório em Suzuka. “O carro estava bom”. Mas o pentacampeão se mostrou impressionado com a evolução da Ferrari neste fim de semana no Japão. Sobre a corrida, o britânico lembrou: “Eles são muito rápidos nas retas”

Lewis Hamilton começou o ‘super domingo’ como um dos grandes favoritos à pole-position do GP do Japão por conta da forte performance da Mercedes na sexta-feira de treinos livres em Suzuka. Mas quando o jogo foi pra valer, a Ferrari novamente mostrou que é a grande equipe deste segundo semestre e faturou a quinta pole consecutiva, mas desta vez com Sebastian Vettel na posição de honra do grid. A Mercedes decepcionou e ficou apenas em terceiro, com Valtteri Bottas, enquanto Lewis Hamilton cravou o quarto tempo, 0s238 atrás do tetracampeão.
 
Ao falar sobre sua performance nesta manhã de domingo (13), Hamilton deixou claro que não havia motivos para criticar a performance do carro. O que fez a diferença mesmo foi o crescimento da Ferrari depois de uma sexta-feira bem discreta em Suzuka.
“O carro estava bom”, salientou o pentacampeão. “Obviamente, eles evoluíram e foram para outro nível, com o qual nós não pudemos competir. Mas o carro estava bom”, reiterou Lewis.
 
O britânico recordou que a Mercedes foi muito mais rápida que a Ferrari na segunda parte da classificação, com Bottas liderando o segmento e Hamilton 0s138 atrás. A melhor Ferrari, de Vettel, foi 0s486 em relação ao tempo do finlandês. “A primeira volta no Q2 foi muito sólida, a segunda não foi tão boa e as outras foram mais ou menos”, contou.
'O carro estava bom', disse Lewis Hamilton após a classificação em Suzuka (Foto: AFP)
Hamilton foi perguntado sobre os fortes ventos que deram as caras nesta manhã em Suzuka. Kevin Magnussen, que bateu no Q1, entende que as rajadas foram decisivas para o acidente que causou a segunda bandeira vermelha da sessão.
 
“Uma super rajada, então, ela acertando onde está o carro, isso torna tudo um pouquinho complicado”, explicou.
 
Sobre a corrida de logo mais, Hamilton deixou claro que vê a Ferrari mais forte e com mais chances de vencer em Suzuka. “Acho que as Ferrari têm um carro rápido. Mas acho que nós temos um carro sólido. Espero que a gente consiga lutar com eles, mas eles são muito rápidos nas retas, como eu digo”, concluiu Lewis.
 
A largada do GP do Japão de F1 acontece logo mais, a partir de 2h10 (horário de Brasília), com transmissão da Rede Globo. O GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e em TEMPO REAL. Siga tudo aqui.
Paddockast #37
GRANDES RIVALIDADES INTERNAS 

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube