Ferrari puxa orelha de Vettel e Leclerc por quebra do protocolo de segurança

Mattia Binotto falou que tanto Sebastian Vettel quanto Charles Leclerc sabem que erraram e pediu que todos na equipe fiquem mais atentos ao protocolo

O chefe da Ferrari, Mattia Binotto, deu uma bronca leve via imprensa em seus dois pilotos, Sebastian Vettel e Charles Leclerc. O motivo? Ambos tiveram a atenção chamada pela FIA após desrespeitarem o protocolo de segurança instalado em virtude da pandemia do novo coronavírus.

Vettel recebeu um aviso na semana passada por conversar com Christian Horner e Helmut Marko numa roda em frente ao centro de hospitalidade da Red Bull sem que ninguém usasse máscara ou atendesse a distância obrigatória. Já Leclerc viajou para casa, em Mônaco, durante a semana, entre as duas provas na Áustria, furando a bolha da F1.

Binotto afirmou que os dois sabem que estão errados e reforçou o pedido para que todos fiquem atentos ao protocolo.

“As instruções servem para Charles, Seb e a equipe inteira. Temos de prestar atenção. Sabemos o quão importante para todos neste circo é estar aqui e correr. Se distrair com os protocolos não é bom, precisamos ser atentos”, falou.

“Precisamos aumentar nosso nível de concentração e atenção. Os dois pilotos entendem que fizeram alguma coisa errada. Estou bem certo de que vão prestar mais atenção no futuro”, encerrou.

As equipes contam com número restrito de funcionários nos eventos e todos são testados. Apesar das falhas dos pilotos com a bolha em Spielberg, a categoria testou 4.566 nesta semana e todas apresentaram resultado negativo para a Covid-19.

O GRANDE PRÊMIO transmite em tempo real todas as atividades do GP da Estíria, segunda etapa do campeonato da Fórmula 1 2020.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube