F1

Ferrari revela 15 de fevereiro como data escolhida para lançamento do carro da temporada 2019

O chefe da Ferrari, Maurizio Arrivabene, divulgou que a equipe italiana vai apresentar o novo carro - apelidado internamente de '670' - no próximo dia 15 de fevereiro, três antes do princípio da pré-temporada da F1, em Barcelona
Warm Up / Redação GP, do Rio de Janeiro
Como de costume acontece, a Ferrari foi a primeira equipe da F1 a divulgar a data em que vai lançar o carro da temporada 2019: 15 de fevereiro, três dias antes do princípio dos testes coletivos de pré-temporada, em Barcelona. A informação foi dada pelo chefe Maurizio Arrivabene. 
 
A revelação foi feita enquanto Arrivabene participava de evento de premiação organizado pela revista italiana 'Autosprint' e estava acompanhado de Charles Leclerc, um ds titulares para o ano que vem.
 
Além da data, Arrivabene confirmou que os preparativos e desenvolvimento do próximo carro estão caminhando como desejado, embora o calendário seja apertado por natureza. Internamente, o projeto foi apelidado de '670'.
Maurizio Arrivabene (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
"O grupo é liderado pelo [diretor-técnico] Mattia Binotto e vem trabalhando no carro do ano que vem por meses. Os motores já estão nos bancos de testes e há partes do carro já em produção. As partes mais ligadas ao desempenho vão chegar no último momento, ainda que a tensão aumente pelo tempo diminuir", disse.
 
"Em 15 de fevereiro nós vamos apresentar o carro e tudo precisa estar pronto para esse dia", seguiu.
 
"Claro que é cedo para dar um panorama geral do carro. Simulações estão sendo feitas, mas o teste real é a pista. É aí que você se confronta, compara as informações que coletou durante o inverno e especialmente vê uma comparação real com os outros", avaliou.
 
"O pessoal da parte técnica está trabalhando duro em completar o carro até 15 de fevereiro. Nós temos informações dos caras do simulador, mas ainda é cedo demais para falar sobre performance", encerrou.
 
Após dois anos próxima da Mercedes, mas sendo derrotada, a Ferrari começa 2019 pressionada para superar a rival.