Ferrari vai ao México “decidida a vencer” após derrotas na Rússia e Japão

Depois de tropeços nas últimas etapas, a escuderia italiana chega ao Autódromo Hermanos Rodríguez disposta a converter em vitórias o forte ritmo de classificação exibido nas últimas etapas da temporada

Mesmo marcando as poles dos GPs da Rússia e do Japão, a Ferrari não conseguiu converter o melhor ritmo de classificação em vitórias. Em Sóchi, os dois carros da equipe lideravam a prova, mas o abandono de Vettel e um erro na estratégia de Leclerc fizeram a equipe ser derrotada pela Mercedes. Já em Suzuka, a escuderia viu a primeira fila garantida na classificação desaparecer na largada, acumulando mais uma derrota.
 
Após dois reveses seguidos, a Ferrari acelera no Autódromo Hermanos Rodríguez, no México, decidida a se reencontrar com as vitórias na temporada neste fim de semana. A altitude na capital mexicana afeta a carga aerodinâmica e, segundo Sebastian Vettel e Charles Leclerc, vai exercer grande influência na performance dos carros.
 
"Corremos com níveis máximos de carga aerodinâmica em termos de acerto, pois corremos muito acima do nível do mar, o ar é rarefeito e os carros precisam de pouca carga. Na reta, acho que teremos as maiores velocidades da temporada e isso deixa complicado pilotar nas curvas por conta da pouca carga aerodinâmica no carro", afirmou Vettel.
 
"A volta é relativamente curta, mas não é fácil. Nos últimos dois anos, fomos bem, mas a Red Bull foi a equipe a ser batida. Vamos ver como será este ano", completou o alemão.
Sebastian Vettel destacou a força da Red Bull, vencedora no México nos dois últimos anos (Foto: AFP)

Leclerc correu apenas uma vez no México, mas disse que gosta da pista e que é uma das mais interessantes da temporada.

 
"Realmente gosto de pilotar lá, principalmente porque os muros estão próximos e isso é algo que gosto como piloto. O ambiente é impressionante e pilotar no estádio é uma sensação única porque você consegue ver toda a torcida", afirmou.
 
Mattia Binotto, chefe da equipe, espera bons resultados da Ferrari após os tropeços recentes. "Depois das últimas duas provas, que poderíamos ter feito melhor, chegamos ao México decididos a vencer. Nosso objetivo será conseguir nossa sexta pole consecutiva antes de convertê-la em vitória", disse.

Paddockast #38
CORRIDAS POLÊMICAS DA F1

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube