Ferrari valoriza “potencial”, mas lamenta perda de pole no Bahrein: “Fizemos a melhor volta”

Frédéric Vasseur, chefe da Ferrari, lamentou não ficar com a pole-position no GP do Bahrein após Charles Leclerc fazer a melhor volta da sexta-feira (1) durante o Q2. Francês também acredita que a SF-24 vai cuidar melhor dos pneus do que o carro do ano passado

A temporada de 2024 da Fórmula 1 não começou da forma que a Ferrari esperava. Charles Leclerc até anotou a melhor marca da classificação, mas o fez durante o Q2 e não conseguiu superar a Red Bull de Max Verstappen na hora que realmente importava. Frédéric Vasseur, chefe da equipe, destacou que o carro tem potencial, mas lamentou não sair com a pole-position.

“No geral, foi bem intrigante porque fizemos a melhor volta da sessão e não vamos largar na pole-position”, disse Vasseur após a classificação. “Mas é assim que as coisas são, significa que não executamos perfeitamente e precisamos trabalhar nisso. Mas diria que é um passo à frente, mesmo em uma volta, e o mais importante é amanhã. Espero que tenhamos muito mais controle sobre o desgaste dos pneus do que em relação ao ano passado e será uma boa prova”, prosseguiu.

Relacionadas


“Está claro que temos potencial. O mais importante no nosso negócio não é ter potencial, é colocá-lo na tabela de tempos. Acho que correu bem, sabemos o porquê perdemos no último stint e teremos tempo para corrigir. No ano passado, melhoramos bastante durante a temporada e estamos começando em um lugar muito melhor agora”, celebrou Vasseur.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Charles Leclerc vai largar na segunda posição (Foto: Ferrari)

Questionado sobre a ordem de forças do grid após a classificação, Frédéric preferiu não opinar. O dirigente destacou que as condições de pista no Circuito de Sakhir foram bem incomuns e não quer tirar conclusões após apenas uma sessão.

“Você não tem como tirar conclusões após uma sessão e também por conta do fato de estar bem frio no Bahrain, estava um pouco diferente, não sei se teremos temperaturas de pista assim durante a temporada, talvez em Spa. Temos que ir uma de cada vez e ver como será situação na próxima semana em Jeddah, mas hoje vamos focar na corrida”, ressaltou o chefe da Ferrari.

Por fim, Vasseur mais uma vez comemorou a evolução do time italiano em relação à posição que se encontravam no mesmo momento em 2023. O francês sabe que este avanço pode não ser o suficiente para terminar a primeira corrida do ano com vitória, mas está confiante com o menor nível de desgaste dos pneus apresentado pela SF-24.

Carlos Sainz parte da quarta posição no GP do Bahrein (Foto: Ferrari)

“Por enquanto, fizemos algumas simulações de corrida semana passada e ontem também, e correu muito bem. Acho que demos um claro passo à frente em performance em comparação ao ano passado, agora não sei se será o suficiente ou não, teremos mais clareza amanhã. Mas pelo menos começando em melhor forma, estamos muito mais confiantes com o balanço do carro e o desgaste é encorajador para o restante da temporada”, concluiu o chefe da Ferrari.

GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e EM TEMPO REAL todas as atividades do GP do Bahrein de Fórmula 1 e transmite classificação e corrida em segunda tela, em parceria com a Voz do Esporte, na GPTV, o canal do GP no Youtube. Além disso, debate tudo que aconteceu na pista com o Briefing após segundo treino livre e classificação, além de antes e depois da corrida. No sábado, a largada está marcada para as 12h (de Brasília, GMT-3).

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.