Force India confia na importância dos motores em 2014 para fechar ano no top-5 pela primeira vez

Force India igualou, em 2013, seu melhor resultado na F1 ao terminar o Mundial de Construtores na sexta posição. Para isso, deposita as esperanças na mudança dos motores da categoria

Sexta colocada no Mundial de Construtores de 2013, a Force India quer mais. O time indiano com fábrica em Silverstone espera terminar a temporada 2014 no top-5, e acredita que conseguiu se preparar bem para o início da nova era de motores da F1.

É nos propulsores V6 turbo que o vice-diretor-geral, Bob Fernley, deposita suas fichas para o próximo campeonato.

A Force India tem um acordo com a Mercedes desde março e pensa que os componentes aerodinâmicos não serão tão importantes para a performance dos carros quanto a potência dos novos motores.

Force India confia na importância dos motores para 2014 (Foto: Getty Images)

Além disso, Fernley vê uma vantagem no fato de a Force India ter começado a pensar bem cedo no projeto do ano que vem. “Obviamente, fomos a primeira equipe-cliente a assinar nosso contrato de motores, que está no lugar desde março, e provavelmente fomos um dos primeiros a pensar no design de 2014, então estamos bem otimistas”, disse à ‘Autosport’.

“O grande diferencial será o trem de força, então você precisará de um chassi de boa qualidade, mas não acho que dependerá tanto da aerodinâmica como nos últimos anos. Isso vai mudar com o passar do tempo, mas, certamente, na primeira metade do ano que vem e talvez em toda a temporada, tudo dependerá dos motores”, avaliou.

Fernley destacou ainda as muitas variáveis que existirão com os sistemas que farão parte do novo motor, como o ERS. “Alguém vai acertar, alguém vai errar e você não sabe onde está. Se estivermos no grupo de quem acertou, então estaremos no caminho certo”, concluiu o dirigente.

A Force India terá dois pilotos novos em 2014: Nico Hülkenberg, que retorna após uma temporada na Sauber, e Sergio Pérez, que defendeu a McLaren em 2013.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube