Como a Fórmula 1 reagiu aos atentados de 11 de setembro de 2001?

Como a Fórmula 1 reagiu diante do atentado terrorista que matou mais de 3 mil pessoas nos Estados Unidos há exatos 20 anos? O GRANDE PRÊMIO relembra os impactos do 11 de setembro na categoria

F1, O QUE VOCÊ ESTAVA FAZENDO NO 11 DE SETEMBRO DE 2001? (VÍDEO: GRANDE PRÊMIO)

Há exatos 20 anos, o mundo entrava em choque com um atentado terrorista sem precedentes. Você se lembra o que estava fazendo em 11 de setembro de 2001, no dia do ataque às torres gêmeas? E você se lembra de como a Fórmula 1 reagiu aos atentados e promoveu uma corrida quatro dias depois?

Os EUA sofreram o maior ataque terrorista de sua história em 11 de setembro, com dois aviões atingindo os prédios do World Trade Center em Nova Iorque. Quase 3.000 mortes e o início da Guerra ao Terror contra Osama bin Laden.

Dias depois, a Fórmula 1 correu em Monza para a 15ª etapa da temporada. Em luto, a principal categoria do esporte a motor prestou solidariedade às vítimas da tragédia. A Ferrari, em gesto inédito na sua história, pintou todo o bico do carro de preto e correu sem patrocínios como forma de expressar seu pesar.

A seguir, o GRANDE PRÊMIO relembra o que foram os dias seguintes ao atentado que mudou o mundo e que, inevitavelmente, também mexeu com o universo do esporte a motor.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar