Fórmula 1 renova acordo, e GP da Austrália fica em Melbourne até 2025

Tradicional prova de abertura do campeonato da Fórmula 1, o GP da Austrália teve o seu contrato renovado até 2025. Corrida seguirá no autódromo de Albert Park, em Melbourne, que completará 25 edições em 2020

A Fórmula 1 oficializou a renovação de contrato do GP da Austrália até 2025. O acordo para manter a corrida no circuito de Albert Park, em Melbourne, foi assinado nesta quinta-feira (18).
 
Presente no calendário desde 1985, o GP da Austrália foi realizado em Adelaide até ser transferido para Melbourne, em 1996. A corrida é uma das mais tradicionais do calendário, já que promoveu a abertura da temporada desde a mudança de circuito, exceto em 2006 e 2010, quando a primeira corrida foi disputada no Bahrein.

"Estamos muito felizes por renovar a parceria com Melbourne, que agora vai receber a F1 até pelo menos 2025. A decisão de ampliar em dois anos o vínculo foi porque a prova mostrou ser um grande sucesso para a cidade, para a Austrália e também ao redor do mundo com os fãs da categoria e com quem trabalha com a F1. Planejamos tornar o GP da Austrália ainda mais espetacular tanto em entretenimento quanto em aspectos esportivos. O anúncio de hoje, junto com o da semana passada na Inglaterra, mostra que os promotores estão, cada vez mais, pensando no futuro da F1. Não vemos a hora de voltar a Melbourne no ano que vem para celebrar os 25 anos da prova lá e continuar nossa relação até comemorar o aniversário de 30 anos em 2025", disse Chase Carey, chefe da categoria, celebrando a renovação.

GP da Austrália de 2019 (Foto: F1)
Martin Pakula, ministro dos esportes, turismo e grandes eventos de Victoria, também comentou sobre a renovação, afirmando que o GP contribuiu para o crescimento de Melbourne como centro de grandes eventos, além da corrida ter bastante importância no calendário esportivo da cidade.
 
"Foi um fantástico voto de confiança da F1 de ampliar o vínculo com Melbourne até pelo menos 2025. Victoria recebe grandes eventos melhor do que ninguém no mundo e estou animado com o fato da F1 ter nos escolhido para ampliar o contrato e, assim, possibilitado trazermos mais eventos desse porte para Victoria. O GP da Austrália contribuiu para que Melbourne se estabelecesse como um centro de grandes eventos e a corrida é parte fundamental do nosso calendário esportivo. Além dos impactos diretos da renovação, também nos ajuda a chamar outros grandes eventos, além de nos dar a oportunidade de trabalhar para ainda mais benefícios aos fãs da categoria nos próximos anos".
 
Em 2019, a corrida foi vencida por Valtteri Bottas, da Mercedes, com o companheiro de equipe Lewis Hamilton e Max Verstappen, da Red Bull, completando o pódio. A etapa de 2020 acontecerá entre os dias 12 e 15 de março, iniciando as comemorações de 70 anos da Fórmula 1 e a de 25 anos da prova no autódromo de Melbourne.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube