carregando
F1

Funcionários da McLaren em quarentena na Austrália testam negativo para coronavírus

Em comunicado divulgado nesta quarta-feira (18), a McLaren confirmou que os funcionários testados para coronavírus tiveram resultados negativos, mas permanecerão em isolamento recomendado pelo governo australiano. Membro infectado não apresenta sintomas da doença

Grande Prêmio / Redação GP, de Campinas
A McLaren divulgou, nesta quarta-feira (18), uma atualização a respeito da situação dos funcionários por conta do coronavírus na Austrália. O membro infectado não apresenta mais os sintomas, enquanto sete pessoas testadas tiveram resultado negativo.
 
Segundo a nota publicada pela equipe de Woking, 16 membros foram colocados em quarentena. Além do infectado, 14 que tiveram contato próximo e 1 que apresentou sintomas. A recomendação foi apenas de sete exames. Eles respeitarão o período de duas semanas de isolamento pedido pelo governo australiano.
 
O time registrou o primeiro caso de coronavírus no paddock da F1 com um funcionário às vésperas do GP da Austrália, que seria realizado no último dia 15. A McLaren anunciou que não disputaria a corrida, que posteriormente acabou cancelada por conta da pandemia.
Carlos Sainz (Foto: McLaren)
Recentemente, Carlos Sainz, um dos pilotos do time, publicou um vídeo em quarentena e confirmou que o teste realizado deu negativo.

Confira o comunicado oficial na íntegra:

“A McLaren tem o prazer de confirmar que todos os sete dos seus funcionários que testaram para coronavírus durante a quarentena em Melbourne tiveram resultados negativos. Todos estão bem e de bom humor. O único membro da equipe que testou positivo inicialmente também agora está livre de sintomas. Não foi exigido que o restante do pessoal fosse testado. No total, 16 membros da equipe foram colocados em quarentena, 14 em razão do contato próximo ao membro da equipe que deu positivo, e um membro adicional da equipe que desenvolveu sintomas no fim de semana”
 
“Como precaução, esses membros da equipe vão permanecer em auto-isolamento por mais uma semana para honrar o período de 14 dias, conforme solicitado pelas autoridades médicas australianas. A equipe continua a ter o suporte de três membros sênior que permaneceram neste período”
 
“Em nome da equipe e de todo o pessoal da McLaren em Melbourne, o time agradece a todas as mensagens, apoios e ofertas de entregas para assistência, que estão ajudando muito para manter a motivação da equipe.”


Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

COMO SE PREVENIR DO CORONAVÍRUS:
 
☞ Lave as mãos com água e sabão ou use álcool em gel.
☞ Cubra o nariz e boca ao espirrar ou tossir.
☞ Evite aglomerações se estiver doente.
☞ Mantenha os ambientes bem ventilados.
☞ Não compartilhe objetos pessoais.