F1
09/08/2018 09:05

Gasly diz que entenderia se Red Bull quiser promover Sainz: “Ele tem mais experiência que eu”

Christian Horner transpareceu que a Red Bull tende a escolher entre Carlos Sainz e Pierre Gasly para ocupar a vaga deixada por Daniel Ricciardo para a próxima temporada. No entendimento do novato, o espanhol parte com ligeira vantagem na disputa pelo cockpit taurino
Warm Up / FERNANDO SILVA, de Sumaré
 Pierre Gasly e Carlos Sainz (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)
Pierre Gasly vem sendo um dos bons nomes de 2018 na F1, a sua primeira completa no Mundial. Em 12 corridas pela Toro Rosso, o francês de 22 anos já marcou 26 pontos no campeonato, tendo o quarto lugar do GP do Bahrein como seu melhor resultado. Assim, é natural que o jovem piloto seja considerado como opção para ocupar o lugar deixado na Red Bull por Daniel Ricciardo, que assinou com a Renault. Gasly tem como grande concorrente ao cockpit o espanhol Carlos Sainz, que tem apenas quatro pontos a mais no Mundial de Pilotos.
 
Entretanto, apesar de a performance de Sainz como piloto da Renault neste ano ser abaixo, por exemplo, de Nico Hûlkenberg — que soma 52 pontos, 22 a mais —, pesa ao seu favor a maior experiência na F1. No grid desde 2015, o espanhol tem um total de 72 largadas e o quarto lugar do GP de Singapura, quando ainda defendia a Toro Rosso, no ano passado, como seu melhor resultado.
Pierre Gasly não deixa de lado a meta de defender a Red Bull (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)
Desta forma, Gasly diz que entenderia se a Red Bull optar por Sainz para ocupar a vaga deixada por Ricciardo para a próxima temporada. No entanto, Pierre deixa claro que se considera pronto para o desafio de correr pela equipe tetracampeã do mundo se for ele o escolhido.
 
“Carlos Sainz tem mais experiência que eu no momento, mas está claro que meu objetivo é estar na Red Bull no futuro. Espero que aconteça mais cedo do que tarde, mas devo demonstrar à Red Bull que sou rápido e consistente e que posso fazer meu trabalho”, comentou.
 
Contudo, Gasly avisa também que vai buscar não se distrair com as especulações sobre o futuro. Por isso, a meta é continuar trabalhando com sua atual equipe para seguir mostrando grande trabalho ao longo da sua primeira temporada completa na F1.
 
“Meu foco de atenção agora, no entanto, está com a Toro Rosso e em tentar fazer o melhor possível com essa equipe”, finalizou.