Russell vê chances de fim de domínio da Red Bull apenas em 2026: “Temos de ser realistas”

George Russell não acha que um teto de gastos mais rígido é capaz de limitar a Red Bull, que está perto de conquistar mais um título com domínio na Fórmula 1

O inglês George Russell deu uma sugestão para o maior equilíbrio na Fórmula 1. A categoria vive um momento de amplo domínio da Red Bull, que conquistou os últimos três títulos de pilotos com Max Verstappen e os últimos dois de Construtores com larga margem para as adversárias.

Desde 2021, a Fórmula 1 introduziu um teto orçamentário para as equipes, com objetivo de limitar os altos custos do Mundial e também promover equilíbrio. Na opinião do piloto da Mercedes, as limitações deveriam ser mais agressivas ainda.

“Acho que as mudanças que estamos vendo no regulamento, com o teto de gastos, com o tempo de túnel de vento, é o que vai deixar o pelotão mais próximo. Mas precisa ser mais agressivo? Não sei, porque no momento, ninguém está alcançando a Red Bull com essas coisas em jogo. Mas precisamos focar em nós e fazer o melhor trabalho possível”, declarou em entrevista durante o GP de Miami.

:seta_para_frente: Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
:seta_para_frente: Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

George Russell foi apenas o oitavo em Miami (Foto: Mercedes)

Russell se transferiu da Williams para a Mercedes em 2022, mas encarou o viés de baixa da equipe de Brackley. Após sete títulos consecutivos de Pilotos e oito de Construtores, George foi o responsável pela única vitória do time desde a introdução do novo regulamento, conquistada no GP de São Paulo de 2022.

“Precisamos tentar nos colocar mais à frente, mas também ser realistas de que a Red Bull está muito longe, e talvez não seja até 2026 que eles sejam desafiados pelo título. Quando você entra em uma equipe como a Mercedes, estamos todos aqui para vencer. E vale o mesmo para McLaren e Ferrari também. Era o mesmo para a Red Bull na época que a Mercedes dominou. Infelizmente, isso é Fórmula 1”, seguiu.

Fórmula 1 retorna de 17 a 19 de maio com o GP da Emília-Romanha, no circuito de Ímola.

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.