GM rejeita parceria com outros times e reforça compromisso de “correr na F1 com Andretti”

O presidente da General Motors, Mark Reuss, destacou o "longo histórico de sucesso" que tanto a montadora americana quanto a Andretti possuem, rejeitando por ora a chance de se unir a outra equipe só para entrar na Fórmula 1

Muito mais agradável aos olhos da Fórmula 1, a General Motors reiterou que, no momento, o seu compromisso é total com a Andretti. O presidente da gigante americana do setor automobilístico, Mark Reuss, ainda destacou que as duas marcas possuem “um longo histórico de sucesso”, rejeitando a possibilidade de se unir a outra equipe do grid atual.

A ideia foi levantada principalmente pela Williams. O chefe da equipe de Grove, James Vowles, expôs sua opinião sobre a entrada da esquadra americana, sendo mais um a citar a questão do valor agregado à categoria. “O bolo tem de crescer, não diminuir. Até o momento, está apenas encolhendo”, disse o dirigente, deixando claro que a fala “não era contra Andretti ou GM“, mas emendou:

Relacionadas


“Dou as boas-vindas à GM de braços abertos… e espero estabelecer um relacionamento com eles caso as coisas não deem certo. Eles são uma companhia incrível, e acredito que tornarão o esporte melhor”, completou Vowles, salientando que “uma OEM como a GM seria absolutamente bem-vinda em nosso esporte”.

Reuss, então, foi questionado pela agência de notícias AP se havia a possibilidade da GM se unir a outro time caso a candidatura da Andretti fosse rejeitada pela FOM, a detentora da parte comercial, uma vez que a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) já aprovou a entrada do time comandado por Michael Andretti.

Vowles abriu as portas da Williams para a GM, mas a montadora reiterou compromisso com a Andretti (Foto: Williams)

“A GM está comprometida em fazer parceria com a Andretti para correr na F1”, frisou o presidente da montadora. “A colaboração Andretti-Cadillac reúne duas entidades únicas construídas para as corridas, ambas com longo histórico de sucesso no automobilismo global”, concluiu.

A AP acrescentou ainda que a GM planeja enviar executivos seniores ao GP de Las Vegas, na próxima semana, para pressionar a FOM a aprovar a entrada da Andretti no grid da temporada 2025.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra, Escanteio SP e Teleguiado.