Goleado por Hamilton em classificações, Rosberg fala em frustração, mas diz que foco está nas corridas

Ao menos no quesito classificações em 2015, é o alemão Nico Rosberg quem perde de goleada. Superado nove vezes por Lewis Hamilton, o vice-líder da temporada disse que o quadro atual é frustrante, mas que seu foco está no desempenho nas corridas

Os números da F1 após dez etapas na temporada 2015 mostram Lewis Hamilton na sua melhor forma e Nico Rosberg massacrado pelo seu companheiro de equipe no quesito classificações. O alemão vem sofrendo uma sonora goleada de 9 a 1, superando o britânico apenas em Barcelona, onde largou na pole. Apesar de reconhecer que é algo frustrante, Nico salienta que seu foco esteve em melhorar o desempenho em corridas.

“Em parte, é porque trabalhei na minha corrida. Queria melhorar isso e, definitivamente, isso tem sido melhor, então estou satisfeito. Claro que acabo por comprometer um pouco a classificação algumas vezes, mas não há mais o que explicar da minha parte”, comentou o piloto durante o fim de semana do GP da Hungria.

Rosberg vem levando um banho de Hamilton em classificações: nada menos que 9 a 1 para o britânico (Foto: Beto Issa)

Em 2014, após as dez primeiras corridas, Rosberg largou à frente de Hamilton em sete oportunidades, sendo cinco vezes na pole. Neste período, Nico venceu quatro corridas, contra três deste ano.

Embora tenha reforçado seu foco no desempenho em ritmo de corrida, Rosberg não escondeu a frustração. “Não entendo por que é uma diferença muito grande em relação ao ano passado neste momento.”

“É frustrante no momento, mas vou centrar todos meus esforços novamente e ficar pronto para atacar. Enquanto estiver indo bem nas corridas, posso virar o jogo”, concluiu Nico.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube