GP às 10: Canadá tem alegria no verão e traz histórico de boas corridas e vitórias inesquecíveis

Flavio Gomes conta um pouco de como nasceu a Île de Notre-Dame, onde está localizado o Circuito Gilles Villeneuve, fala sobre o ambiente alegre e festivo que invade Montreal nesta época do ano e como o GP do Canadá já proporcionou grandes espetáculos e vitórias inesquecíveis, como a de Nelson Piquet em 1991

Sétima etapa da temporada 2019 do Mundial de Fórmula 1, o GP do Canadá acontece neste fim de semana no circuito Gilles Villeneuve. A etapa de Montreal costuma proporcionar grandes corridas, e algumas delas entraram para a história do esporte. Jenson Button, por exemplo, saiu de último para primeiro e triunfou no GP mais longo da F1, com mais de 4 horas, em 2011. Foi também na Île de Notre-Dame que Nelson Piquet venceu, de forma até surpreendente e na última volta, sua última prova no Mundial, de Benetton, em 1991.
 
No seu GP às 10 desta fria manhã de quarta-feira (5), Flavio Gomes lembra um pouco da atmosfera alegre e festiva que invade Montreal nos dias de sol e calor no meio do ano, quando a cidade vive verdadeiramente o clima da F1. O jornalista destacou também algumas das corridas mais empolgantes já realizadas no Canadá e fez um registro histórico de como foi criada a Île de Notre-Dame, além de trazer as estatísticas sobre os maiores vencedores, Michael Schumacher e Lewis Hamilton.

O GP às 10 é a série que traz um comentário em vídeo dos jornalistas do GRANDE PRÊMIO, sempre às 10h (de Brasília), do dia e da noite. Veja aqui todas as edições do GP às 10.

Paddockast #20
Punições tardias, circuitos chatos… O que tem de acabar no esporte a motor?

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar