GP às 10: Em dúvida, Mercedes dá sinais de querer Ocon no lugar de Bottas em 2020

Valtteri Bottas ou Esteban Ocon? Para Fernando Silva, a Mercedes evidencia dúvida sobre quem vai ser o companheiro de equipe de Lewis Hamilton na próxima temporada. O jornalista entende que a equipe prateada vem dando sinais de que tende a dar uma chance ao jovem francês em 2020

Com a chegada de julho, chega também a fase de negociação dos contratos da F1 para 2020. Em meio às muitas discussões sobre eventuais trocas e renovações de acordo, a vaga mais cobiçada do Mundial para o ano que vem é a ocupada atualmente por Valtteri Bottas. O finlandês, contudo, tem vínculo apenas até o fim deste ano e tem o destino incerto. Com o nórdico, concorre o promissor francês Esteban Ocon, atual reserva de Bottas e Lewis Hamilton.
 
No GP às 10 desta manhã de terça-feira (9), Fernando Silva opina sobre o que descreve ser uma encruzilhada prateada. Entre a cruz e a espada, a Mercedes mostra dúvida sobre qual piloto vai formar dupla com Hamilton em 2020. Por um lado, Toto Wolff pressiona Bottas a corresponder, caso contrário “sempre vai haver outro alguém”. 
 
Por outro, além das várias postagens da Mercedes relacionadas à presença de Ocon no Festival de Goodwood no fim de semana, Wolff avisou: se o francês optar por defender outra equipe no ano que vem, está fora do programa da Mercedes. O jornalista entende que o dilema da Mercedes é muito parecido com o que a Ferrari viveu no ano passado e que os sinais indicam uma preferência maior por Ocon para ocupar o lugar de Bottas no ano que vem.

O GP às 10 é a série que traz um comentário em vídeo dos jornalistas do GRANDE PRÊMIO, sempre às 10h (de Brasília), do dia e da noite. Veja aqui todas as edições do GP às 10.


 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube