GP às 10: Novas casas, muitas corridas: as mudanças do automobilismo na TV em 2021

Fórmula E na Cultura, Fórmula 1, F2, F3, Stock Car e Copa Truck na Band... O fã brasileiro de automobilismo terá que se acostumar com novas realidades na TV. É do que fala Flavio Gomes

O fã de automobilismo brasileiro terá de se acostumar com um mar de novidades na temporada 2021 do circuito das corridas pelo mundo. Uma série de categorias das maiores do cenário nacional e internacional terá casa nova, mudando realidades que foram naturalizadas ao longo dos anos. Flavio Gomes usa o GP às 10 desta terça-feira (23) para falar das mudanças na TV.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Red Bull apresenta RB16B de 2021 com jeito de 2020

Uma destas mudanças, a primeira a fazer efeito, já que tem corrida neste fim de semana, é a Fórmula E. A categoria dos bólidos elétricos foi transmitida pelo Fox Sports durante os seis primeiros anos de sua existência, num acordo internacional de cessão dos direitos. Com a venda da Fox para a Disney, o acordo não foi renovado. Agora, a TV Cultura é quem assume os direitos.

Já a mudança mais famosa é a da Fórmula 1. O acordo de quatro décadas com o Grupo Globo não foi renovado e, assim, a categoria mais tradicional de corrida de carros do mundo se muda para a Band. Mas terá equipe de transmissão global: narração de Sérgio Maurício, comentários de Reginaldo Leme e reportagens de Mariana Becker. Com ela, a F1 carrega suas categorias-satélites F2 e F3.

Quem também está na Band é a Stock Car, assim como a Copa Truck. Desta feita, a emissora paulistana tem a faca e o queijo na mão para consolidar a imagem que agora tenta vender de casa do automobilismo. A ver como tudo funciona.

Siga o GRANDE PRÊMIO nas redes sociais:
YouTube | Facebook | Twitter Instagram | Pinterest | Twitch | DailyMotion

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube