Em nome da segurança e por carros quase 40 km/h mais rápidos, FIA solicita mudanças aos circuitos da F1

Os novos carros da F1 ainda são uma incógnita. Sim, eles serão mais rápidos, mas até que entrem numa pista a sua real natureza ainda é desconhecida. Por isso, a FIA pediu a todas as equipes que cedessem as simulações dos carros para que ela pudesse entender os efeitos e encaminhar a cada pista as mudanças necessárias

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

A temporada 2017 vai se aproximando, e a FIA ainda toma os passos necessários para lidar com os novos carros da F1. Segundo o diretor de segurança da FIA, Laurent Merkies, o órgão máximo do automobilismo mundial está solicitando às equipes as simulações do funcionamento de cada um dos novos carros para entender o efeito que terão em cada uma das pistas do calendário.

 

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);
De acordo com o que Merkies falou durante evento em Birmingham, na Inglaterra, a FIA está usando as versões simuladas dos carros de cada equipe para saber o que cada pista precisará atualizar em termos de traçado e segurança para lidar com as novas especificações do Mundial.

 
"Cada um dos times foi pedido para entregar simulações dos carros de 2017", disse Merkies. "Nós usamos essas simulações para alimentar nosso software de simulação, assim simulando cada uma das pistas com os carros de 2017. A velocidade de curva é tão mais alta – quase 40 km/h mais rápido nas curvas de alta velocidade", disse.
Os novos carros da F1 estão causando fuzuê (Foto: Red Bull Content Pool)
"Todas as pistas estão recebendo da FIA um pedido de melhora baseada nisso. O processo está em curso. Nós estamos fazendo na ordem do campeonato e, assim, nem todas as pistas já receberam", encerrou o diretor.
 
Após esses pedidos, o circuito de rua de Albert Park, em Melbourne, que recebe a primeira etapa da temporada da F1, vai substituir a barreira de pneus da curva 12 com barreiras de segurança. Enquanto isso, irá reforçar as barreiras de pneus das curvas um, seis e 14.
fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube