Hamilton agradece Mercedes “por realizar seus sonhos” e fala em “melhor ano” por luta e vitória contra Ferrari

Em visita à fábrica da Mercedes, Lewis Hamilton agradeceu ao time e disse que 2017 foi o melhor ano da equipe porque ter conseguido vencer outra escuderia. O inglês também reforçou que vai seguir forte em Abu Dhabi e que vai “dar tudo de si” para fechar o campeonato com a décima vitória da temporada

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Lewis Hamilton está determinado a terminar a temporada 2017 com vitória. O inglês garantiu que vai "dar tudo de si" neste fim de semana, em Abu Dhabi, na etapa final do campeonato, para fechar o ano com o décimo triunfo. Depois de confirmar a quarta taça do mundo, há quase três semanas, no México, o britânico insistiu que tem como objetivo seguir em uma campanha forte até o fim do ano, apesar do acidente que sofreu durante a classificação do GP do Brasil, há duas semanas e que o impediu de brigar pelo degrau mais alto do pódio.

 
Mesmo com o revés, Hamilton teve uma grande atuação. Saindo do pit-lane, o piloto da Mercedes imprimiu um ritmo forte e foi capaz de cruzar a linha de chegada na quarta posição. A vitória em Interlagos ficou o maior rival do ano, Sebastian Vettel. "Vou dar tudo de mim", assegurou Lewis, que venceu nove vezes em 2017. "Estou realmente animado com essa última etapa. Mas é, obviamente, uma posição incomum para se estar", completou.
Lewis Hamilton quer fechar ano com vitória (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Hamilton deixou claro que, apesar da conquista do Mundial muito antes do fim, não tem intenção de reviver o fim do ano de 2015 e o começo de 2016, quando também garantiu a título por antecipação, relaxou e viu a ascensão do então adversário e companheiro de equipe, Nico Rosberg – que acabou por vencer o campeonato no ano passado. Desde que o GP do Abu Dhabi passou a fazer parte do calendário da F1 em 2009, o dono do Mercedes #44 ganhou três vezes em Yas Marina, incluindo a última edição da prova.

 
O britânico ainda esteve na sede da Mercedes nesta semana e aproveitou a ocasião para agradecer o esforço da equipe de fábrica na conquista do campeonato – a equipe alemã também venceu a Ferrari na disputa entre os Construtores neste ano. "É um dia de muita emoção. Não esperava por isso e só tenho de agradecer a todos. Hoje é um dia que nunca vou esquecer. Aparecer na porta da fábrica e ver todos aqui me dando as boas-vindas é impressionante. Tem sido um ano incrível, uma grande jornada. Tenho muito respeito por todos aqui", disse o piloto aos funcionários do time em Brackley, na Inglaterra.
 
"Estou neste esporte há muitos anos, mas o trabalho de todos aqui é inspirador. Cada vez que venho aqui, vejo todos trabalhando muito, e isso me anima muito. Por isso, agradeço a todos por me ajudarem a realizar os meus sonhos. Não teria sido possível sem vocês. Este foi o melhor ano porque lutamos com outra equipe, tivemos dificuldades e desafios, e isso torna tudo ainda maior", emendou.
 
Por fim, o tetracampeão revelou não estar muito ansioso pelo início da próxima temporada. "Geralmente, não gosto de deseja que o tempo passe rápido. Eu já estou seguindo para o fim da minha carreira e, mesmo que ainda tenha um longe caminho pela frente, quero viver os dias e estou feliz por esse tempo. Não quero que as férias passem rápido porque antes que possamos perceber já estaremos na próxima temporada, mas eu tenho muito que fazer antes do Natal", acrescentou.
MELHOR DE 2017

COM TÍTULO EM TEMPORADA DIFÍCIL, MÁRQUEZ É PILOTO DO ANO

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:
0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;
top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube