Hamilton sobra em classificação lotérica e sai na pole do GP da Estíria. Sainz é 3º

É de Lewis Hamilton a pole-position do GP da Estíria. Em uma classificação eletrizante, o hexacampeão do mundo superou Max Verstappen em grande duelo e ainda tirou proveito do erro do holandês na última volta. Carlos Sainz vai largar em terceiro com a McLaren

Que espetáculo, amigas e amigos! A classificação do GP da Estíria correu risco por conta da chuva, mas valeu a pena esperar. Em quase uma hora de pura loteria, Max Verstappen e Lewis Hamilton duelaram pela pole-position da segunda etapa da temporada 2020 do Mundial de Fórmula 1. O piloto da Mercedes levou a melhor no fim do Q3 e garantiu, pela 89ª vez na carreira, o direito de partir da posição de honra no grid. Destaque para Carlos Sainz, que vai alinhar a McLaren no terceiro lugar.

Hamilton marcou 1min19s273 como melhor volta e ratificou a pole-position depois que Verstappen vinha com tudo para superar o britânico. Entretanto, o holandês errou na curva final e viu a chance ficar pelo caminho. Restou o consolo de ainda se garantir na primeira fila.

Grande feito de Sainz, que vai repetir a posição de Lando Norris no grid de largada do GP da Áustria, realizado na semana passada. O espanhol vai partir lado a lado com Valtteri Bottas, enquanto Esteban Ocon também foi muito bem e colocou a Renault na quinta posição do grid. Norris obteve o sexto lugar, mas a punição sofrida na última sexta-feira (não obedeceu bandeiras amarelas) impediu o britânico de largar na terceira fila. Lando vai largar em nono, atrás de Alexander Albon e sua Red Bull, um surpreendente Pierre Gasly, da AlphaTauri, e Daniel Ricciardo. Sebastian Vettel fecha o top-10, enquanto Charles Leclerc foi o carro da Ferrari eliminado da vez no Q2.

A largada do GP da Estíria está marcada para 10h10 (horário de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.

Lewis Hamilton
Lewis Hamilton brilhou na chuva e cravou a pole do GP da Estíria (Foto: Mercedes)

Saiba como foi o treino classificatório do GP da Estíria de F1

Choveu, parou e choveu de novo. O temporal previsto para o horário do treino classificatório desabou horas antes e levou a direção de prova a cancelar o terceiro treino livre no Red Bull Ring. Depois, o céu se abriu e até o sol deu o ar da graça, secando a pista em alguns pontos. Mas quando restavam 10 minutos para o início da definição do grid de largada, ela, a tão esperada chuva, voltou a aparecer.

Bernd Maylander pilotou o safety-car no traçado encharcado do Red Bull Ring
Bernd Maylander pilotou o safety-car no traçado encharcado do Red Bull Ring (Foto: Haas/Twitter)

A chuva forte levou a direção de prova a adiar o início do Q1, após inspeção feita por Bernd Maylander, piloto do safety-car. Sem condições de o helicóptero médico voar — sobretudo por conta da densa neblina —, premissa para qualquer atividade de pista na F1, não havia previsão para a abertura da sessão.

O único aviso da direção de prova era que os comissários da FIA avisariam aos pilotos 10 minutos antes do início do Q1 para realizar o fim da preparação para o treino. Entretanto, os radares meteorológicos indicavam que a chuva, no fim das contas, não ia cessar tão cedo.

Sem ter o que fazer, só restou à Fórmula 1 esperar por uma melhora no cenário climático, que poderia levar minutos ou até horas. Neste meio tempo, Alan Van der Merwe, piloto sul-africano que guia o carro médico, deu mais uma volta para inspecionar a pista e atualizar a direção de prova sobre as condições do circuito. Mas a chuva seguia torrencial.

F1 2020 Estíria Red Bull Ring Sábado
Choveu muito, mas a Fórmula 1 conseguiu abrir a classificação no Red Bull Ring (Foto: Ferrari)

Após nova inspeção feita por Maylander, a direção de prova determinou: o Q1 começaria às 15h46, horário local (10h46 de Brasília). Assim, os pilotos tiveram 10 minutos para a preparação final antes de irem à pista.

Q1 ganha ares de loteria na Áustria

Antes mesmo do início do Q1, muita gente deixou os boxes, todos com pneus de chuva extrema, com a fila sendo puxada por Sebastian Vettel.

As primeiras voltas foram de muita dificuldade em razão do enorme volume de água na pista. Max Verstappen indicava que ainda não havia condições. “Não consigo ver nada”, bradou via rádio. Romain Grosjean dava sua escapada, mas conseguiu voltar ao traçado. Primeiro a sair, Vettel foi o primeiro a marcar tempo: 1min24s235.

Só mesmo a chuva para proporcionar uma Williams na frente nos tempos de hoje. George Russell chegou a colocar seu FW43 na ponta do Q1, antes de ser superado por Antonio Giovinazzi e Charles Leclerc. E a pista melhorava a cada volta.

Abertura do Q1 do GP da Estíria
Vettel puxou a fila na abertura do Q1 do GP da Estíria (Foto: F1/Twitter)

Minutos lotéricos estavam por vir. Leclerc foi o primeiro a virar abaixo de 1min22s, mas Lewis Hamilton foi além para marcar 1min20s953. O monegasco deu o troco na volta seguinte e retomou a liderança por 0s082, antes de ver sua marca derrubada por Valtteri Bottas e, depois, Verstappen.

Hamilton voltou para a ponta com 1min19s664 e Esteban Ocon conseguiu colocar a Renault entre duas Mercedes. Bottas melhorou e chegou a assumir a liderança, mas suplantado pela McLaren de Lando Norris após bela volta: 1min19s128.

Hamilton conseguiu recolocar a Mercedes na primeira posição, chegou a ser batido pela McLaren de Carlos Sainz, mas voltou para a ponta com 1min18s188. Faltavam cerca de 3 minutos para o fim do Q1.

Romain Grosjean, sem tempo até então, Giovinazzi, Nicholas Latifi, Pierre Gasly e Sergio Pérez, que liderou o TL1, estavam na zona de eliminação. Em contrapartida, Lance Stroll subia para oitavo, enquanto George Russell era o décimo e Giovinazzi rodava na saída da curva 9, chegando a bater a traseira da sua Alfa Romeo na barreira de proteção.

Giovinazzi bateu, encostou o carro e causou a bandeira vermelha no fim do Q1 (Foto: Reprodução)

Com 13 segundos para o fim, a bandeira vermelha foi sinalizada para retirar o carro de Giovinazzi, que ficou parado na saída da curva 4. Kimi Räikkönen, Pérez, Latifi, o próprio Giovinazzi e Grosjean foram eliminados. E Russell avançou para o Q2, colocando a Williams pela primeira vez numa segunda fase de classificação desde o GP do Brasil de 2018. Hamilton fechou como o mais rápido.

Q2: Leclerc é o eliminado da vez; Gasly vai ao Q3 em quinto

Vettel novamente puxou a fila ao abrir o segundo segmento da classificação. Mas foi Bottas quem começou o Q2 na frente ao cravar 1min19s006, antes de Hamilton responder com 1min18s741. Max Verstappen fez volta espetacular no molhado, provando novamente seu talento na chuva, e foi 0s586 mais rápido que o inglês para virar 1min18s155.

Ricciardo aparecia na quarta colocação, colocando para trás as McLaren de Norris e Sainz, além da Renault do companheiro de equipe, Ocon. Hamilton até melhorou seu tempo, mas foi novamente batido por Verstappen, que registrou 1min17s938.

Vettel aparecia em décimo e Leclerc em 11º, correndo risco de eliminação no Q2. As duas Ferrari não conseguiam se acertar no molhado, diferente da McLaren, que colocava Norris em terceiro e Sainz em quinto, minutos depois. O espanhol, no entanto, acabou sendo batido por Ocon, que fazia ótima classificação.

George Russell
George Russell viveu uma grande tarde no Red Bull Ring (Foto: Williams)

A chuva apertou nos minutos finais do Q2 e poucos foram os pilotos que conseguiram melhorar. Um deles foi Pierre Gasly, que colocou a AlphaTauri na quinta colocação. Hamilton também evoluiu sua marca ao cravar 1min17s825. Leclerc foi eliminado e vai largar em 11º, seguido por Russell, Stroll, Daniil Kvyat e Magnussen.

Hamilton, Verstappen, Norris, Bottas, Gasly, Ocon, Sainz, Alexander Albon, Ricciardo e Vettel avançaram para a fase final da sessão.

Q3: Batalha dramática pela pole tem vitória de Hamilton contra Verstappen

Verstappen se adiantou e foi o primeiro a colocar o carro na saída do pit-lane. O holandês mostrava ter um ritmo implacável no molhado e, desde que foram aferidas as primeiras marcas, conseguiu se colocar na frente.

Mas Hamilton também é um piloto brilhante, seja no seco, seja no molhado. E posicionou a Mercedes na frente ao superar Verstappen com 1min21s272, 0s298 mais rápido que o astro da Red Bull. A grande surpresa era a presença de Gasly em terceiro, mas o francês foi desalojado da posição por Norris e depois por Ocon.

Bottas, que sempre anda bem no Red Bull Ring, estava disposto a repetir o feito da semana passada. O pole-position do GP da Áustria marcou 1min21s036 e tomou a posição de honra provisoriamente. Mas nada ainda estava definido. Tanto que até Alexander Albon surpreendeu e se colocou, já nos minutos finais, em terceiro.

F1 2020 Estíria Red Bull Ring Sábado Red Bull Max Verstappen
Verstappen bem que tentou a pole, mas lhe restou o segundo lugar no grid (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)

Hamilton deu o troco em Bottas para voltar à pole provisória com 1min20s649, mas Verstappen brilhou novamente com 1min20s489. A briga era incrível e imprevisível, que voltava a ter Lewis como protagonista ao registrar 1min19s702, 0s787 mais rápido que o holandês. Nada, absolutamente nada estava definido.

Ainda restava uma última volta. Verstappen tinha de lidar com um carro arisco e vinha com tudo para superar Hamilton e faturar a pole, mas o piloto errou na curva final e rodou. Lewis, irresistível, melhorou ainda mais na volta seguinte ao cravar 1min19s273 e garantir a pole 89 da carreira na F1.

Fórmula 1 2020, GP da Estíria, Red Bull Ring, Treino de Classificação:

1L HAMILTONMercedes 1:19.273  
2M VERSTAPPENRed Bull Honda 1:20.489+1.216 
3C SAINZ JRMcLaren Renault 1:20.671+1.398 
4V BOTTASMercedes 1:20.701+1.428 
5E OCONRenault 1:20.922+1.649 
6A ALBONRed Bull Honda 1:21.011+1.738 
7P GASLYAlphaTauri Honda 1:21.028+1.755 
8D RICCIARDORenault 1:21.192+1.919 
9L NORRISMcLaren Renault 1:20.925+1.652+3
10S VETTELFerrari 1:21.651+2.378 
11G RUSSELLWilliams Mercedes 1:19.636 
12L STROLLRacing Point Mercedes 1:19.645 
13D KVYATAlphaTauri Honda 1:19.717 
14C LECLERCFerrari 1:19.628+3
15K MAGNUSSENHaas Ferrari 1:20.211 
16K RÄIKKÖNENAlfa Romeo Ferrari 1:21.372 
17S PÉREZRacing Point Mercedes 1:21.607 
18N LATIFIWilliams Mercedes 1:21.759 
19A GIOVINAZZIAlfa Romeo Ferrari 1:21.831 
20R GROSJEANHaas Ferrari  
  Tempo 107% 1:23.661 
       
RECV BOTTASMercedes 1:02.93904/07/2020 
MVK RÄIKKÖNENFerrari 1:06.95701/07/2018 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube