F1

Hamilton critica Sirotkin por “manobra desrespeitosa” em incidente no Q2: “Espero que ele aprenda”

Lewis Hamilton não poupou críticas a Sergey Sirotkin pelo incidente que quase resultou em acidente grave durante o Q2 em Interlagos. O pentacampeão vinha lento na Descida do Mergulho, enquanto o russo, mais rápido, quase se chocou com a Mercedes #44
Warm Up, de São Paulo / FERNANDO SILVA, de Interlagos
 Lewis Hamilton (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)

Lewis Hamilton teve muitos motivos para comemorar nesta tarde de sábado (10) em Interlagos, mas também viveu seus momentos de tensão durante o treino classificatório que marcou a conquista da sua 82ª pole na F1. Durante o Q2, o pentacampeão do mundo quase se envolveu em dois acidentes que seriam de proporções muito sérias. No primeiro, ficou perto de ver a Ferrari de Kimi Räikkönen chocar com a traseira da sua Mercedes na Reta Oposta. Pouco depois, Hamilton vinha lento na descida do Mergulho e quase foi acertado pela Williams de Sergey Sirotkin, que teve de passar pela grama para evitar uma batida muito forte.
 
Ao fim da classificação, durante entrevista coletiva, Hamilton aproveitou quando foi questionado a respeito para criticar Sirotkin e explicou porque entende que estava correto e que o russo agiu errado na manobra.
 
“Todo mundo estava na volta de saída, eu, Sergey e todo mundo que estava à minha frente. Quando você está em uma volta de saída, até o fim da volta, você tenta reduzir e obter uma diferença. Até então, como eu sabia que não havia ninguém atrás em uma volta lançada, eu quis garantir que tinha uma margem, então tudo aconteceu de repente na saída da curva 2, vi um carro chegando”, recordou.
Hamilton quase se chocou com a Williams de Sirotkin no treino classificatório em Interlagos (Foto: Reprodução)
“Foi como: “Oh, meu Deus! Tem alguém vindo para uma volta?”, disse Hamilton, lembrando que se assustou com a chegada da Williams do russo.
 
“Pensei que alguém estava vindo para uma volta [rápida], então joguei para a esquerda, e então ele decidiu passar pela esquerda. Mas ele não estava em uma volta, então não sei bem o que ele estava pensando”, salientou o pentacampeão.
 
“Entre todos os pilotos, todos nós sabemos que é preciso manter nosso espaço naquele ponto, então foi uma manobra bastante desrespeitosa”, bradou Hamilton.
 
Na lista dos maiores pilotos da história, Lewis entende que o episódio vai servir de aprendizado para Sirotkin, que faz sua estreia na F1 em 2018.
 
“Eu estava tentando ficar fora do seu caminho, e então ele faz a curva e fica lento. Foi muito estranho, completamente desnecessário porque ele tinha espaço atrás. Em última análise, sua volta e a minha não foram boas. Espero que ele possa aprender com isso”, concluiu.
 
O GRANDE PRÊMIO cobre ‘in loco’ o GP do Brasil de F1 com os repórteres Evelyn Guimarães, Felipe Noronha, Fernando Silva, Gabriel Curty, Juliana Tesser, Nathalia De Vivo e Pedro Henrique Marum, e o fotógrafo Rodrigo Berton. Acompanhe tudo aqui.