Hamilton debocha de reação de Rosberg e diz que “ser campeão soa melhor que ganhar uma corrida”

Lewis Hamilton não gostou de ver Nico Rosberg vencer todas as três últimas provas do campeonato e tratou de minimizar o sucesso do colega, lembrando o tricampeonato que conquistou neste ano. "Acho que ser campeão soa muito melhor do que ganhar uma corrida", afirmou

Com toda certeza, Lewis Hamilton não gostou nada de ver o companheiro de Mercedes, Nico Rosberg, vencer praticamente de ponta a ponta as três últimas corridas da temporada 2015 da F1. E sem esconder a decepção, o inglês tratou de minimizar o sucesso do colega e lembrou a conquista do título deste ano ainda no GP dos EUA, em outubro
 
Hamilton uma vez mais ficou atrás de Rosberg. Em Abu Dhabi, o alemão sobrou na classificação e impôs uma vantagem de quase 0s4 em Lewis para conquistar a pole. Na corrida, apesar da tentativa do inglês em alterar a estratégia, Nico venceu novamente.
Os grandes rivais do ano: Lewis Hamilton e Nico Rosberg (Foto: Getty Images)
"Acho que ser campeão soa muito melhor do que ganhar uma corrida", afirmou o britânico, que conquistou seu terceiro título em 2015 na F1. 
 
Para Hamilton, a reviravolta no campeonato tem mais a ver com as mudanças que a Mercedes fez no carro do que uma real reação de Rosberg. "O carro mudou depois de Cingapura. Mas agora é muito fácil esquecer as vitórias que consegui antes, por isso entendo que essa foi uma temporada muito boa", afirmou o piloto de 30 anos, que venceu dez vezes neste campeonato.
 
"Apesar dessas três últimas corridas, que não foram espetaculares para mim, no geral, foi um ano incrível", afirmou.
 
Chefe da Mercedes, Toto Wolff sinalizou que o recente embate entre seus dois pilotos pode ter renovado a rivalidade entre eles, especialmente depois que Rosberg ficou livre e sem pressão por conta da disputa pelo título. 
 
"Não sei, para ser honesto, mas algo o despertou e ele vem pilotando de forma soberba. Só que se você perde o campeonato, é o que mais importa para um piloto", avaliou o austríaco.
 

(function(d, s, id) { var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0]; if (d.getElementById(id)) return; js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = “//connect.facebook.net/pt_BR/sdk.js#xfbml=1&version=v2.3”; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);}(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));

Pior temporada em anos tem desfecho merecido e leva a pedido: F1, mude jáhttp://grandepremio.uol.com.br/f1/noticias/opiniao-gp-pior-temporada-em-anos-tem-desfecho-a-altura-e-leva-a-pedido-claro-f1-mude-ja

Posted by Grande Prêmio on Segunda, 30 de novembro de 2015

PADDOCK GP EDIÇÃO #8: ASSISTA JÁ

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)<0?n+="px":n,cc.style.display="",s2.width=n,window.frameElement&&(s1.height=c2.offsetHeight+5+"px"),t=500,s1.width="100%"}rs(t)},200)}var c1=window.frameElement?window.frameElement:document.getElementById("crt_ftr"),c2=document.getElementById("crt_ftr"),s1=c1.style;s1.position="fixed",s1.bottom="-4px",s1.left="0px",window.frameElement&&(s1.height="0"),c2.style.textAlign="center",s1.zIndex="60000";var cc=document.getElementById("crt_cls"),s2=cc.parentNode.style;cc.onclick=function(){s1.display="none"};var t=0;rs(0);

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth < 970) ? 302357 : 302359;
document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube