Hamilton diz que é cedo para definir ordem de forças da F1, mas prevê temporada difícil e apertada em 2018

Lewis Hamilton avaliou que ainda é cedo para definir a ordem de forças da F1 na temporada 2018. Ainda assim, britânico apostou em um ano difícil e apertado

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Lewis Hamilton acredita que ainda é cedo para definir a ordem de forças da F1. O britânico acredita que será preciso esperar até a quarta corrida da temporada 2018 para ter uma ideia mais clara das competências e fraquezas de cada um dos concorrentes.
 
Dominante desde o início da era dos motores V6 turbo, a Mercedes apareceu forte na Austrália, mas apesar de toda a velocidade demonstrada em Albert Park, o time prateado foi derrotado pela Ferrari de Sebastian Vettel, que acertou na estratégia graças ao safety-car virtual
Lewis Hamilton afirmou que é cedo para fazer um diagnóstico da ordem de forças da F1 (Foto: Reprodução/Twitter)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Às vésperas do GP do Bahrein, Hamilton considera que é cedo para diagnósticos precisos, mas aposta que será uma temporada difícil e apertada.
 
“Pela minha experiência, você realmente não tem um bom entendimento até depois de quatro corridas”, disse Hamilton. “No momento, foi só a primeira corrida ― não tenho ideia”, ponderou.
 
“Nós vamos para o Bahrein e teremos altos e baixos. A Ferrari é realmente rápida nas retas, eles serão rápidos na próxima corrida, e eles são sempre bons em circuitos quentes. O Bahrein, embora seja uma corrida noturna, ainda é duro com os pneus”, destacou. “Então eu, realmente, não tenho ideia. Mas eu posso dizer que não será fácil e que será apertado”, concluiu.

#GALERIA(8337)
"RIDÍCULO E LEVIANO"

AJUDA DELIBERADA DA HAAS À FERRARI? NÃO FAZ SENTIDO ALGUM

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube