Hamilton minimiza resultado ruim nos treinos e pouco se preocupa com acerto: “Não tem muita coisa para mudar”

0s537 atrás de Sebastian Vettel no primeiro dia de treinos para o GP da Áustria, Lewis Hamilton não mostrou preocupação com a posição desta sexta-feira (19) e avaliou que não tem muita coisa para mudar no carro

Lewis Hamilton completou o primeiro dia de treinos para o GP da Áustria de F1 na quinta colocação. O britânico fez seu melhor giro nesta sexta-feira (19) em 1min10s137 e ficou a 0s537 de Sebastian Vettel, o líder dos trabalhos.
 
Apesar da quinta colocação, Hamilton não mostrou preocupação com seu ritmo e avaliou que não tem muita coisa para modificar no bólido da Mercedes.
Lewis Hamilton ficou com o quinto tempo no primeiro dia de treinos livres para o GP da Áustria (Foto: AP)
“Não surpreso. Na volta em que eu estava bem, estava 0s4 mais lento que o Nico [Rosberg]. Estou feliz com isso”, comentou. “Não tem muita coisa para mudar”, avaliou.
 
 Ainda assim, Lewis avaliou que seria interessante saber as cargas de combustível de cada um, mas avaliou que teve um ritmo consistente.
 
“Foi bom. Foi consistente”, resumiu. “Será interessante saber as cargas de combustível de cada um para marcar aqueles tempos de volta”, seguiu.
 
Questionado se a Mercedes adotaria alguma estratégia diferente para controlar a aproximação da Ferrari, Hamilton tirou o corpo fora.
 
“Não faço ideia da estratégia, não é meu trabalho”, disse. “Temos um estrategista para isso, vou só pilotar o carro da melhor forma que puder”, concluiu.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube