Hamilton reforça busca incansável pela perfeição: “Você sempre pode melhorar”

Hexacampeão mundial, dono do recorde de poles e em busca de ser o maior piloto da história da F1 nos números, Lewis Hamilton deixa claro que não quer saber de comodismo. Pelo contrário, o britânico lembra que sempre há espaço para evoluir, sobretudo no estilo de pilotagem. Sobre o novo vínculo da Mercedes, Hamilton garante: “Não me estresso e confio em Toto Wolff”

84 vitórias, 88 poles, 151 pódios e seis títulos mundiais. Os números provam que Lewis Hamilton é um dos maiores pilotos da Fórmula 1 em todos os tempos. Contudo, mesmo com toda a glória alcançada na principal categoria do esporte a motor, o britânico de 35 anos não se acomoda e, ciente de que está na fase final da carreira, lembra que há sempre espaço para evoluir de alguma maneira.
 
“Você sempre pode melhorar. Não vencemos todas as corridas no ano passado. Há áreas em que tropeçamos”, ressaltou o piloto da Mercedes, que venceu 11 corridas em 2019, em entrevista ao comentarista e ex-piloto Martin Brundle na emissora britânica Sky Sports. 
 
“Sempre há áreas em que podemos melhorar. Como piloto, como posso melhorar a comunicação com a minha equipe, com os mecânicos e os caras na fábrica? Mas, também como piloto, como posso entregar melhor performance?”, indagou o hexacampeão, que reforçou a importância de evoluir constantemente, sobretudo no estilo de pilotagem, porque os carros também costumam apresentar mudanças de um ano para o outro.
Lewis Hamilton disse que não tem pressa para definir a renovação com a Mercedes (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
“Todos os anos, e mesmo durante a temporada, a técnica está evoluindo. Neste ano, por exemplo, temos os mesmos pneus do ano passado. Mas, no ano passado, o ano todo foi um problema [com os pneus], então ainda existem técnicas sutis que vou precisar adaptar, também com um carro diferente”, disse.
 
“E isso faz parte do jogo, é poder ser adaptável. E temos esse carro novo, que não sei como vai ser lidar com ele”, complementou.
 
Lewis também foi indagado a respeito da renovação de contrato com a Mercedes. E disse que está tranquilo e sem pressa para resolver o futuro. A prioridade, além do fator financeiro, é que Hamilton garanta por mais alguns anos a chance de seguir lutando por vitórias, títulos e recordes.
 
“Ainda não sentamos e conversamos. Não me estresso e confio em Toto, e temos essa confiança entre nós. Dissemos um ao outro quais são os nossos objetivos, quais são os nossos compromissos. Não sinto que há pressa”, declarou.
 
“Estou potencialmente entrando no meu último ciclo no esporte e, claro, você deseja buscar ao máximo financeiramente, mas tem mais a ver com os resultados”, finalizou Lewis Hamilton. 

Paddockast #59
DUPLA IMPLACÁVEL: Daniel Serra e Ricardo Maurício

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar