Hamilton reverencia Mandela: “Um dos seres humanos mais inspiradores que viveram”

Primeiro piloto negro a correr na F1, Lewis Hamilton postou no Instagram uma foto junto do ex-presidente sul-africano Nelson Mandela: “Sem dúvida, o melhor homem que já conheci”

O piloto inglês Lewis Hamilton prestou seu tributo ao ex-presidente sul-africano Nelson Mandela, que morreu na última quinta-feira (5) aos 95 anos.

O britânico postou no Instagram uma foto de um encontro que teve com o líder da luta contra a segregação racial na África do Sul. O retrato foi tirado em junho de 2008.

“Um dos momentos mais especiais da minha vida foi encontrar o grande Madiba. Um dos seres humanos mais inspiradores que aviveram e, sem dúvida, o melhor homem que já conheci. Vou sentir sua falta, nós vamos sentir sua falta, Madiba. Que Deus descanse sua alma, eu te amo como um filho que ama um pai. Descanse em paz. Lewis e família”, escreveu na rede social.

Hamilton se tornou, em 2007, o primeiro negro a disputar um GP do Mundial de F1 – é também o primeiro a ir ao pódio, a vencer uma corrida e a ser campeão. Até a manhã deste sábado, mais de 27 mil pessoas haviam curtido a publicação do piloto da Mercedes.

Lewis Hamilton com Nelson Mandela em 2008 (Foto: Instagram)

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube