Hamilton se diz incrível por pole “energética” e reverencia carro da Mercedes: “É um privilégio guiá-lo”

Lewis Hamilton conquistou um pole importante neste sábado (26) e não deixou de reverenciar o “ótimo” carro da Mercedes. O inglês disse se sentir incrível e se vê em uma posição perfeita para a decisão do título contra Nico Rosberg

 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);
Lewis Hamilton fez o que tinha de fazer neste sábado (26). Em uma tentativa de se manter vivo na disputa pelo título e colocar alguma pressão no rival Nico Rosberg, Hamilton sai na pole no GP de Abu Dhabi. A verdade é que o tricampeão foi sempre o mais rápido nas três fases da classificação e não vacilou em nenhum momento. No instante final, ainda cravou uma volta voadora, em 1min38s755, para assegurar o direito de largar da posição de honra do grid neste domingo (26). Também foi a 61ª pole-position da carreira do inglês, que está agora a apenas quatro da marca de Ayrton Senna.

 
Distante 12 pontos do líder Rosberg, o britânico não depende só de si para ficar com a quarta taça no Mundial. Hamilton precisa vencer em Yas Marina e torcer para que o colega de Mercedes fique fora do pódio. Ainda assim, o piloto acha que está na posição perfeita para tentar ainda tirar o título do alemão.
Lewis Hamilton brilhou em Abu Dhabi (Foto: Mercedes)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

"O fim de semana tem sido ótimo até aqui", afirmou Lewis aos jornalistas após a classificação. "Não posso acreditar que consegui agora a minha pole de número 61 e que estou a somente quatro de Ayrton. Realmente, tudo tem sido incrível até o momento", completou.

 
Lewis também reverenciou o carro da Mercedes. "É muito estranho vir para este fim de semana sabendo que essa será a última vez em que vou pilotar esse grande carro, que tem sido incrível. Você nunca esquece quando pilota um carro como esse. Espero que nós possamos ter um bom carro assim no futuro, porque tem sido um enorme privilégio guiar esse carro", contou o piloto, também se referindo ao novo regulamento que vai entrar em prática no ano que vem.
 
"Neste fim de semana, consegui colocar o carro em uma grande posição. E estamos em um lugar perfeito para amanhã. Eu me sinto incrível por essa pole. Estamos na pole. É energético", vibrou Lewis, por fim.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube