Honda troca motor novamente e faz Vandoorne perder cinco posições no grid de largada do GP dos EUA

Stoffel Vandoorne vai largar cinco posições atrás de onde classificar em Austin. O belga teve o motor trocado pela Honda e vai, mais uma vez, sofrer sanção no grid

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Enquanto a parceria com a Honda caminha para o fim, a McLaren segue sofrendo com as punições nos grids de largada. Nesta quinta-feira (19), a equipe de Woking revelou que Stoffel Vandoorne vai perder cinco posições na saída do GP dos EUA.

 
A punição acaba sendo um banho de água fria na McLaren, que apostava em Austin e no México como as principais chances de pontuar bem no fim da temporada. Apesar da grande reta, nos EUA a equipe pegou quinto lugar com Fernando Alonso e nono com Jenson Button em 2016.
Stoffel Vandoorne perde cinco posições no grid (Foto: McLaren)
De acordo com a publicação britânica 'Autosport', o novo motor da Honda já conta com um pequeno ganho de performance. Os japoneses torcem que, para 2018 com a Toro Rosso, os problemas dos três anos de parceria com a McLaren fiquem para trás.
 
Vandoorne já vai estar com o novo motor no primeiro treino livre em Austin. Enquanto isso, Alonso corre com o motor do GP do Japão.
 
RITMO DE FESTA

PADDOCK GP CHEGA À EDIÇÃO 100 COM HISTÓRIAS IMPERDÍVEIS DE EDGARD MELLO FILHO

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:
0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;
top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube