Hülkenberg aponta evolução da Force India como “surpresa agradável”, mas diz que será “complicado e difícil” bater Red Bull

Depois de um começo bem complicado na temporada, a Force India vem apresentando boa evolução nas últimas provas, o que deve ser ainda mais nítido na sequência da temporada com o desenvolvimento da especificação B do VJM08. Mas Nico Hülkenberg, cheio de confiança depois de vencer as 24 Horas de Le Mans, é cauteloso sobre a chance de bater a Red Bull

É nítido o crescimento da Force India nas últimas etapas do Mundial de F1. A escuderia de Silverstone somou bons pontos seguidamente desde o GP de Mônaco e saltou de oitavo para quinto nos Construtores. Agora, o time chefiado por Vijay Mallya soma 39 pontos, 24 a menos em relação à quarta colocada, a Red Bull. Mas Nico Hülkenberg, muito motivado e confiante depois da grande vitória nas 24 Horas de Le Mans e dos 18 pontos conquistados nas últimas três corridas do ano, pediu cautela sobre a chance de bater os taurinos em 2015.

Em entrevista à emissora britânica Sky Sports, o alemão de 27 anos revelou que seu telefone não passou a tocar mais depois do triunfo em Le Mans, mas que, certamente, a conquista lhe deu um impulso a mais na carreira.

“Eu me sinto bem, me sinto confortável. Obviamente, os bons resultados acabam por aumentar sua autoconfiança. É uma confirmação de que você está a fazer as coisas da forma correta. Mas continuarei trabalhando duro e tentar continuar correspondendo”, comentou o piloto.

Hülkenberg se mostrou bem satisfeito com o novo carro da Force India (Foto: Beto Issa)

Quanto à ascensão da Force India, o alemão não escondeu a empolgação com a perspectiva promissora depois de um começo de Mundial tão complicado. “É uma surpresa agradável, realmente. Tivemos um começo difícil de temporada, com um carro que foi lançado atrasado, enfim, várias coisas. Então, quando você está em atraso no aprendizado do carro, você o desenvolve mais tarde, então é uma bola de neve.”

Melbourne foi bom, marcamos alguns pontos, mas, sem seguida, tivemos um período bem difícil de corridas sem pontos. Naquele momento, ninguém esperava estar em quinto. Se alguém dissesse isso então: ‘Você vai ser quinto em Silverstone com o carro atualizado’, você aceitaria?.”, indagou.

Questionado sobre qual o verdadeiro potencial da especificação B do VJM08, que estreou somente em Silverstone, Hülkenberg se mostrou confiante, embora sem saber dizer até onde o novo carro poderá levar a Force India na sequência do Mundial.

“Não é fácil dizer. Depende de onde essas atualizações vão nos colocar. Mas definitivamente queremos seguir lutando de forma consistente. Foi a partir das nossas próprias forças e não devido à sorte que estivemos nos pontos, então somos fortes o bastante para nos colocar nesta posição”, disse o cauteloso Hülkenberg, que pregou respeito à Red Bull e disse que será difícil batê-los na luta pelo quarto lugar no Mundial de Construtores.

“É algo muito otimista. A Red Bull ainda é uma das grandes equipes e eles têm um bom carro. Eles não estão no melhor da forma recentemente, mas acho que vai ser complicado e difícil”, concluiu.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube