F1

Hülkenberg culpa “erros humanos” por começo da Renault, mas fala em “orgulhar França”

Nico Hülkenberg é alemão, mas quer deixar a França orgulhosa. O motivo, claro, é o fato do GP disputado em Paul Ricard ser o de casa para a Renault, que respirou na temporada com os resultados do GP do Canadá

Grande Prêmio / Redação GP, do Rio de Janeiro
O fim de semana do GP do Canadá foi disparado o melhor da temporada 2019 para a Renault. Não apenas por ter sobrado como melhor do resto e terminado com sexta e sétima colocações, mas porque foi a primeira vez na temporada em que os dois pilotos foram aos pontos. O desejo para a corrida de casa, na França, é repetir o feito. E o primeiro passo é não cometer erros, como foi apontado na entrevista coletiva oficial na FIA em Paul Ricard, na manhã desta quinta-feira (20).
 
Quem falou foi Nico Hülkenberg, que só marcou pontos - 12 até aqui - em duas das sete etapas do campeonato, enquanto Daniel Ricciardo conseguiu terminar três vezes no top-10 e marcou quatro tentos a mais. Para o que se esperava da marca francesa em 2019, a falta de consistência e estar atrás da McLaren no campeonato é uma surpresa.
 
De acordo com Hülkenberg, entretanto, o R.S.19 é bom. O mundo em volta dele é que precisa se acertar.
 
Carlos Sainz e Nico Hülkenberg (Foto: Forix)
"É tudo bem apertado e decidido por pequenas margens. Vamos nos preparar para essa corrida da mesma forma que em todas as outras, passar todos os detalhes e esperar que o resultado seja como o do Canadá", afirmou.
 
"Sinto que o carro é competitivo, mas tivemos erros e erros humanos. Acredito que o GP do Canadá foi o primeiro em que não cometemos nenhum erro", avaliou.
 
Mas a Renault chega a Paul Ricard pronta para consolidar a posição de quarta força do campeonato? Provavelmente, não.
 
"Eu adoraria, mas ainda estamos um pouco distantes. É verdade que temos atualizações aqui, mas outros têm também. A meta é ser claramente a quarta equipe. É um fim de semana de animação para a equipe. Queremos deixar a França orgulhosa", finalizou.
 
O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades para o GP da França EM TEMPO REAL. Veja os horários.


Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.