Hülkenberg mira Q3 e torce para “mais 48 horas de chuva” em Interlagos

Nico Hülkenberg teve um dia movimentado em Interlagos. Com pista molhada, alcançou a sexta posição, mas não conseguiu repetir o mesmo desempenho na tarde com a pista seca. Piloto torce para que improvável chuva apareça no sábado e no domingo

Nico Hülkenberg se mostrou competitivo na sexta-feira (15) de treinos livres do GP do Brasil, em Interlagos. Com a pista molhada, o alemão da Renault ficou com a sexta posição. Na tarde, de pista seca, foi apenas o 11º.

Na visão do piloto, ele parece estar na briga por um bom resultado no pelotão intermediário. Ao contrário do companheiro Daniel Ricciardo, teve problemas com os pneus macios, mas sente que o ritmo da Renault é bom o suficiente para ir bem.

"Foi um dia curto. Só tivemos um stint na manhã quando estava molhado. A tarde foi um pouco intensa, mais compacta. Ainda é positivo, o ritmo do carro é bom, assim como o equilíbrio dele. Tivemos um pouco de problema com macio por algo no carro, mas o pelotão intermediário parece próximo novamente, o que não é surpreendente, mas estamos no bolo", comentou o alemão em entrevista acompanhada pelo GRANDE PRÊMIO.

Nico Hülkenberg (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)

Hülkenberg mira o Q3 como alcançável no sábado. O alemão torce para que a chuva caia no restante do fim de semana, mas sabe das dificuldades existentes.

 
"Acho possível e alcançável. Como sempre, precisamos acertar tudo. O mínimo detalhe pode fazer a diferença. Precisamos estar preparados, o máximo possível. Poderia chover por mais 48 horas, mas eu aceito o que tem", completou.

O GRANDE PRÊMIO cobre in loco o GP do Brasil com os jornalistas Evelyn Guimarães, Felipe Noronha, Fernando Silva, Flavio Gomes, Gabriel Carvalho, Gabriel Curty e Pedro Henrique Marum, e o fotógrafo Rodrigo Berton. Acompanhe todo o noticiário aqui e tudo dos bastidores e das atividades em pista AO VIVO e em TEMPO REAL

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube