“Incrivelmente feliz”, Bianchi celebra primeiros pontos da Marussia na F1: “Isso me deixa muito orgulhoso”

Nono colocado no GP de Mônaco, Jules Bianchi deu à Marussia seus primeiros pontos na F1. Francês celebrou a conquistar e disse que fica muito orgulhoso por conquistar isso junto com o time de Banbury

 A cobertura completa do GP de Mônaco no GRANDE PRÊMIO
icone_TV  Automobilismo na TV: a programação do fim de semana
 As imagens deste domingo de F1 em Mônaco

Jules Bianchi entrou para a história da pequena Marussia neste domingo (25). Em sua 24ª prova na F1, o francês se tornou o 326º piloto a pontuar no Mundial, dando ao time russo seus primeiros dois pontos na categoria máxima do automobilismo mundial.
 
Largando na 21ª colocação em Monte Carlo, Bianchi teve uma ótima atuação e nem mesmo uma punição de 5s, por ter alinhado no grid na posição errada – problema resultante da ausência de Pastor Maldonado na grelha –, foi capaz de retirar Jules do top-10.
Jules Bianchi pontuou pela primeira vez na carreira na F1 (Foto: Marussia)
Extasiado com o nono lugar nas ruas de Monte Carlo, Bianchi não esqueceu de agradecer todos os integrantes da Marussia e também a Ferrari, que o apoia desde o início da carreira.
 
“Uau. Que corrida e que resultado para o time”, declarou. “Eu estou incrivelmente feliz, mas, antes de mais nada, tenho que dar o crédito a todos na Marussia por tornarem isso possível. Ninguém sabe o quanto de trabalho e determinação que colocamos nas nossas corridas, então hoje eu estou emocionado por ajudá-los a atingir essa meta de somar seus primeiros pontos”, continuou. 
 
“Conquistar isso junto com eles me deixa muito orgulhoso”, disse. “Meu obrigado a todos aqui em Mônaco, ao resto do time em Banbury e também aos nossos parceiros de motor, a Ferrari, pois, juntos, nós fizemos um grande progresso, especialmente após o teste de Barcelona”, ponderou. 
 
“Isso nos dá confiança para lutar e nós certamente fizemos isso neste fim de semana. Não foi uma corrida fácil, tiveram alguns momentos bons ao longo do caminho, mas alguns momentos preocupantes também. O que importa no fim é que nós chegamos lá e podemos guardar os bons momentos por um longo tempo”, defendeu. “Eu gostaria de agradecer a Academia de Pilotos da Ferrari, que apoiou cada passo da minha carreira”, concluiu. 

GRANDE PRÊMIO cobre 'in loco' o GP de Mônaco, sexta etapa do Mundial de F1, com o repórter Renan do Couto. Para acompanhar todo o noticiário, clique aqui.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube