Inspirado por tufão no Japão, Grosjean defende GPs com dois dias de atividades

Dois dias de carros na pista, e não três, seriam suficientes para um fim de semana da Fórmula 1. A opinião é de Romain Grosjean, que sente que os GPs ficariam mais interessantes com uma variação de formato

Foi por acaso, mas o fim de semana da Fórmula 1 no Japão ganhou um formato que agradou Romain Grosjean. Com as atividades deste sábado (12) canceladas por conta do tufão Hagibis, são apenas dois dias com carros na pista em Suzuka. Para o francês, feliz com a mudança, é um sinal de que a F1 é capaz de fazer funcionar um fim de semana encurtado e com bastante ação.
 
“Acho que foi uma sexta-feira muito empolgante, na verdade”, disse Grosjean. “Acho que seria bom ter sábados assim, com o TL1 na manhã e o TL2 na tarde, tendo mais pneus e o resultado é sua classificação. Você consegue trabalhar mais no carro, mas ao mesmo tempo acelerar e tentar coisas diferentes. Acho que foi um dia legal, mas claro que houve um pouco mais de pressão”, seguiu, fazendo referência ao fato de que o TL2 vai determinar o grid de largada em caso de cancelamento da classificação.
Romain Grosjean aprova um fim de semana mais curto do que de costume (Foto: Haas)

Aos olhos de Grosjean, uma redução no fim de semana significaria equipes e pilotos maximizando o tempo de pista. No formato atual, parcela considerável dos treinos livres é desperdiçada por pura falta de compostos de pneus para dar tantas voltas quando desejado.

 
“Você precisa acelerar, você tem uma boa quantidade de pneus e você ainda consegue afinar o acerto do carro”, destacou. “Temos o toque de recolher durante a noite, então os mecânicos não vão dormir tão tarde. Você consegue mudar um pouco o acerto entre a classificação e a corrida, então consegue deixar ideal para as duas. Eu gostei disso, na verdade. Se isso mudar [formato do fim de semana], eu não reclamaria. Fica com muita ação na pista, muitos carros andando. Se você realmente precisar deixar em dois dias, acho que faz sentido”, encerrou.
 
Caso não haja treino classificatório, Grosjean larga em 13º em um grid que teria Valtteri Bottas como pole. O dia é de descanso para os pilotos, reclusos em hotéis enquanto o tufão Hagibis ganha força.

 


 
Paddockast #37
GRANDES RIVALIDADES INTERNAS 

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube