F1

José Froilán González, primeiro piloto a vencer com Ferrari na F1, morre aos 90 anos

José Froilán González morreu neste sábado (15) aos 90 anos. O argentino foi o piloto que deu à Ferrari a primeira vitória na F1, em 1951, no GP da Inglaterra, em Silverstone
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 Ferrari da Risi Competizione (Foto: Getty Images)

José Froilán González morreu neste sábado (15) aos 90 anos na Argentina. ‘Pepe’, como era conhecido, ganhou seu lugar nos livros de história como o primeiro piloto a vencer com a Ferrari na F1. O triunfo aconteceu no GP da Inglaterra de 1951, em Silverstone, quando González superou o compatriota Juan Manuel Fangio, que, na época, defendia a poderosa Alfa Romeo. Ainda não há informações sobre as causas da morte.

González nasceu na cidade de Arrecifes no dia 5 de outubro de 1922 ― 11 anos depois do amigo Fangio ― e é era o filho mais velho do casal Joselín e Magdalena. Conhecido pelo talento e pela coragem, José iniciou a carreira em competições na Argentina, mas alcançou fama mundial quando estreou na F1, no GP de Mônaco de 1950, seguindo os passos de Juan Manuel e ao volante de uma Maserati.
José Froilán González no pódio em Silverstone (Foto: Forix)

O argentino correu por nove temporadas na principal categoria do automobilismo, entre 1950 a 1957 e, depois, ainda competiu em 1960. Foram apenas dois triunfos na F1. Em 51, fechou com a Ferrari, venceu o GP inglês e foi ao pódio nas etapas de França, Alemanha, Itália e Espanha, terminando o campeonato na terceira colocação. Nos dois anos seguintes, competiu em diversas corridas pela Maserati.  

Na temporada de 54, retornando à Ferrari, González foi vice-campeão depois de brigar pelo título com Fangio. A segunda vitória no Mundial aconteceu também neste ano, no mesmo circuito de Silverstone. Ainda em 54, José conquistou as 24 Horas de Le Mans, sendo o primeiro piloto da Argentina a conseguir ganhar na famosa prova francesa.

Mesmo no topo de seu desempenho, González voltou para a Argentina e nunca mais competiu no mais alto nível do esporte de forma regular nas temporadas que se seguiram. Mas participou e venceu diversas corridas em seu país.

Em 1960, o piloto voltou à cena para uma corrida em Buenos Aires, com a Ferrari, antes de abandonar completamente o esporte em maio daquele ano. José venceu sua última corrida no Uruguai, em El Pinar.
González morreu aos 90 anos (Foto: Forix)

Com a morte de González, agora Stirling Moss é mais velho piloto a ter vencido na F1.