Kaltenborn cita necessidade de afirmação na F1: “Precisava conseguir mais do que homens”

A austríaca contou como começou sua paixão pelo esporte a motor e seu envolvimento com a Fórmula 1. Ainda, apontou que sempre precisou se firmar mais no papel de diretora-executiva do que os homens da categoria

Monisha Kaltenborn esteve envolvida no automobilismo por grande parte de sua vida. Com a paixão não só pelo esporte, mas tudo o que envolve, ainda falou que trabalhar na área sempre exigiu uma maior provação por ser mulher.
 
Nascida na Índia, se mudou com seus pais para a Áustria ainda criança, assumindo a cidadania austríaca. Sua formação foi em advocacia na Faculdade de Viena. Depois, ainda fez mestrado em Direito Empresarial Internacional em Londres.

Foi na área que viu a oportunidade de ingressar no mundo da velocidade. “Minha paixão no esporte a motor e Fórmula 1 esteve comigo metade da minha vida”, falou com exclusividade ao GRANDE PRÊMIO.

Monisha Kaltenborn (Foto: Getty Images)

“Não era fascinada apenas pelas corridas, mas também pelo negócio, patrocinadores, parceiros e regulamento por trás. Foi assim que me aproximei da Sauber, como advogada através de uma companhia como conselheira jurídica e membro da administração”, completou.

Ao ser questionada se já sofreu alguma discriminação por ser uma mulher em altos cargos do esporte a motor, reconheceu que nunca diretamente, mas as atenções sempre estavam voltadas para o que fazia.
 

“Não, não diretamente. Mas o fato era que precisava me afirmar muito mais nas posições superiores, ser mais convincente e, por último, mas não menos importante, conseguir muito mais do que os homens como diretora-executiva”, destacou ao GP.
 
“Ao menos naquela época, as mulheres na Fórmula 1 era vistas muito mais criticamente em posições de responsabilidade do que homens na mesma posição. Afinal, o esporte a motor, e a F1 em particular, tem sido considerado um esporte masculino”, concluiu.
 

Paddockast #50
GRANDES PROMESSAS QUE NÃO VINGARAM

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube