Stroll se irrita após acidente em SP com “desesperado” Tsunoda, que diz: “Nem me viu”

Lance Stroll e Yuki Tsunoda se envolveram em batida durante o GP de São Paulo. Canadense disse que piloto da AlphaTauri estava "desesperado" para passar e japonês rebateu, alegando que não foi visto

F1 EM SÃO PAULO: TUDO SOBRE A CORRIDA EM INTERLAGOS | Briefing

Yuki Tsunoda e Lance Stroll colidiram na volta 4 do GP de São Paulo, disputado no último domingo (13), prejudicando a corrida de ambos logo no início: o japonês quebrou a asa dianteira e teve vários danos pelo carro, enquanto Stroll teve seu chassi danificado e não conseguiu sequer consertar os problemas durante a disputa, abandonando. Após a corrida, o canadense explicou que não esperava o movimento do japonês, que usava pneus macios e buscava aproveitar a vantagem antes que os compostos se desgastassem.

“Ele tem um carro realmente rápido, então nas primeiras voltas, ele teria um ritmo muito alto. Ele estava desesperado para fazer a ultrapassagem, mas estava muito atrás”, ressaltou Stroll, que ao contrário do piloto da AlphaTauri, começou a corrida com pneus médios. “Eu não sei o que ele estava fazendo, mas acho que ele estava desesperado e muito otimista”, disse.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Momento em que Yuki Tsunoda e Lance Stroll se encontraram em Interlagos (Foto: Reprodução/Twitter)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Tsunoda, por outro lado, acredita que a culpa deve recair sobre seu rival, mesmo tendo tomado 10s dos comissários. Na opinião do japonês, ele fazia um movimento de ultrapassagem normal quando foi abalroado por Stroll, que não estaria olhando para o retrovisor, na opinião do #22. Yuki ainda argumentou que nem sequer travou as rodas da frente no momento da passagem, o que significa que estava no controle do movimento.

“Tudo foi arruinado com a colisão com Stroll”, lamentou. “Ele definitivamente não estava olhando para mim no retrovisor, simplesmente manteve a linha de corrida normal. Foi um movimento arriscado, sim, mas eu não tive nem uma travada sequer nas rodas da frente. A única ‘fritada’ que eu dei foi porque eu percebi que ele nem sequer me viu, então é lamentável”, opinou o japonês.

Após o incidente, a corrida de ambos foi arruinada: Tsunoda terminou na 15ª posição, muito abaixo do sétimo lugar de seu companheiro de equipe, Pierre Gasly. Stroll, por sua vez, abandonou. “Pedaços do carro ficaram caindo na pista, então fomos apenas regredindo”, explicou.

A Aston Martin de Stroll e Sebastian Vettel não conseguiu pontuar no GP de São Paulo, e permanece na sétima posição do campeonato, com 68 pontos somados. A AlphaTauri, por sua vez, se mantém na briga com a Alpine pelo quinto lugar no Mundial de Construtores: atualmente, ambas as equipes estão empatadas na tabela de classificação, com 112 pontos.

A Fórmula 1 volta a acelerar já no próximo final de semana, com a disputa do GP do Catar programada para acontecer entre os dias 19 e 21 de novembro.

Lewis Hamilton e a bandeira do Brasil (Vídeo: Reprodução/F1 TV)
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar