Latifi toma número de Rosberg e compete com #6 na F1 em 2020

O #6, número que ganhou fama na F1 moderna por conta de Nico Rosberg, agora pertence a Nicholas Latifi. O canadense escolheu o dígito por conta de Toronto, cidade natal, que também é referida como ‘The 6’

O #6, número muito associado a Nico Rosberg, passa a ter um novo dono na Fórmula 1 em 2020. Nicholas Latifi, estreando no certame pela Williams, anunciou nesta segunda-feira (20) a decisão de tomar o dígito como número fixo para a carreira na categoria.
 
O motivo por trás da escolha, entretanto, em nada tem a ver com Rosberg. Latifi explica que 6 é um número muito associado a Toronto, cidade onde nasceu e cresceu.
 
"O principal motivo é que 6 é algo muito ligado a Toronto", explicou Latifi através de comunicado. "É de lá que eu venho, foi onde eu cresci e é a cidade que eu tenho orgulho de representar. Toronto é amplamente chamada de ‘The 6’, um pouco por conta do Drake, que também é de Toronto. Ele cita o nome em uma de suas músicas antigas, e um dos álbuns era originalmente chamado ‘Views from the 6’. Outras ligações com o 6 são que Toronto era dividida em 6 distritos e que os dois códigos telefônicos para a área de Toronto começam ou terminam com 6. Isso é algo que pegou, por todos esses motivos. Qualquer um na América do Norte sabe o que é ‘The 6’, principalmente se ouvir Drake", seguiu.
Nicholas Latifi já tem número para competir na F1 (Foto: Williams)

Latifi também competiu com o #6 na F2, mas muito mais por coincidência – a equipe DAMS tinha o #5 e o #6 disponíveis, com o canadense sempre optando pelo número par. Com Rosberg aposentado da F1 logo após conquistar o título em 2016, o número preferido de Nicholas voltou a ficar disponível.

 
Latifi substitui Robert Kubica na Williams, equipe que sofre para deixar a rabeira do grid. A temporada 2020 começa em 15 de março, data do GP da Austrália.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube