Leclerc diz que Ferrari mudou tática em 2020: “Vamos focar em performance depois”

Charles Leclerc garantiu que o primeiro dia não foi frustrante para uma Ferrari que mudou a abordagem nos testes de 2020

Charles Leclerc soube que ia andar aos 45 minutos do segundo tempo e, no fim, teve um primeiro dia de testes tímido em Barcelona. Nesta quarta-feira (19), o monegasco completou 131 voltas, mas não passou do 11º lugar, o que se explica por uma abordagem diferente da Ferrari que, aparentemente, vai focar só lá na frente na performance.
 
“Nós mudamos um pouco a nossa abordagem em comparação com o ano passado”, disse Leclerc. “No ano passado, o teste foi ótimo, mas a primeira corrida foi um pouco menos ótima. Acho que aprendemos algumas coisas, e este ano nós decidimos focar mais em nós mesmos, tentando entender o carro o máximo possível nesses primeiros dias e aí focar na performance um pouco mais tarde. Vamos ver se dá retorno”, disse em entrevista acompanhada pelo GRANDE PRÊMIO.
 
De acordo com a revista alemã 'Auto Motor und Sport', a Ferrari andou com um modo mais conservador do motor e cheia de combustível o dia todo, o que faz sentido pela fala do piloto. O monegasco explicou que o trabalho desta quarta-feira foi em “correlacionar os números da fábrica e da pista”.
Charles Leclerc andou com a Ferrari (Foto: Ferrari)

“Guiando o novo carro, eu ainda tento forçar ao limite. Não fui ao limite, mas estou me forçando a tentar conhecer o carro melhor”, contou. “Então, quando mais voltas fizermos, mais confiante vou chegar em Melbourne, então, por esse lado, do estilo de pilotagem, eu aprendi muito. E aí, os testes diferentes que fizemos, acho que foram muito positivos”, avaliou.

 
Questionado se a SF1000 atingiu a meta de priorizar mais o downforce do que o modelo do ano passado, Leclerc respondeu: “É bem difícil ver isso no momento”.
 
“Claro, me sinto bem rápido nas curvas, mas é sempre difícil comparar um ano com o outro”, comentou. “Acho que a primeira corrida será um bom ponto de referência, quando os pneus estiverem na janela correta. Agora ainda está muito frio e o downforce tem um efeito bem grande nos pneus. Então é questão de termos uma aerodinâmica que coloca o carro na janela certa. E, por enquanto, não podemos saber realmente, então só focamos em nós mesmos”, encerrou.

O GRANDE PRÊMIO cobre AO VIVO, em TEMPO REAL e 'in loco' os testes de pré-temporada da F1 em Barcelona com o repórter Vitor Fazio. Siga tudo aqui.

Paddockast #48
MELHORES PILOTOS BRASILEIROS DA DÉCADA

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube