F1

Leclerc enfia 0s8 na Mercedes e fecha sexta-feira de treinos na frente na Bélgica

A Ferrari foi a grande equipe nesta sexta-feira (30) que marca a retomada da temporada 2019 da F1. Charles Leclerc marcou o melhor tempo do dia, 1min44s123, foi 0s630 mais rápido que Sebastian Vettel e abriu larga vantagem para os carros da Mercedes. Sérgio Pérez foi o melhor do resto, ficando em quinto lugar, mas teve o motor quebrado no fim

Grande Prêmio / FERNANDO SILVA, de Sumaré
A Ferrari aproveitou a força do seu motor nos longos trechos de alta velocidade de Spa-Francorchamps para dar as cartas nesta sexta-feira (30) de treinos livres do GP da Bélgica de F1. Pela manhã, Sebastian Vettel foi o mais rápido, e Charles Leclerc tratou de dar ares de domínio vermelho nesta tarde ao não apenas liderar a segunda sessão com a volta mais rápida do dia, com 1min44s123, mas também para estabelecer grande vantagem perante o restante do grid.

Leclerc foi 0s630 mais rápido que Vettel, que completou o 1-2 da equipe italiana em Spa-Francorchamps. A Mercedes, equipe que caminha para faturar os títulos de Construtores e Pilotos pelo sexto ano consecutivo, ficou muito atrás. Valtteri Bottas, de contrato renovado, foi o terceiro, 0s846 atrás da marca de Leclerc, enquanto Lewis Hamilton finalizou em quarto lugar, com 0s892 de desvantagem. A grande surpresa da tarde foi a presença de Sérgio Pérez, com uma Racing Point que costuma andar bem em Spa, em quinto. Mas o mexicano sofreu um duro revés no fim da sessão ao ver a quebra do seu motor, que é uma nova especificação entregue pela Mercedes.

Max Verstappen e Alexander Albon não conseguiram encaixar grandes voltas com os pneus macios. O holandês, que foi o segundo mais rápido com os médios, fechou a sessão apenas em sexto lugar, 1s271 atrás de Leclerc, enquanto Albon, novo piloto da Red Bull, foi o décimo. Kimi Räikkönen apareceu bem, em sétimo com a Alfa Romeo, seguido pela Racing Point de Lance Stroll e pela Renault de Daniel Ricciardo. Pierre Gasly, de volta à Toro Rosso, fechou em 17º, seguido pela Haas de Kevin Magnussen e pelas Williams de George Russell e Robert Kubica.
Charles Leclerc foi o grande nome da sexta-feira de treinos livres em Spa (Foto: Ferrari)
A F1 volta à pista na manhã deste sábado com o terceiro treino livre a partir de 7h (horário de Brasília). Já a definição do grid de largada está marcada para 10h. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.


Saiba como foi o segundo treino livre do GP da Bélgica


A segunda sessão desta sexta-feira começou tímida, com a Haas tomando a liderança nos primeiros minutos com Kevin Magnussen à frente de Romain Grosjean. Mas a equipe norte-americana não durou muito no topo depois da volta rápida do líder do primeiro treino, Sebastian Vettel, que tomou a ponta da sessão. Só que o tetracampeão foi desbancado logo em seguida pelo seu companheiro de equipe, Charles Leclerc, que anotou 1min45s377.

Usando pneus médios na sua melhor volta, o monegasco seguiu na frente, enquanto a dupla da Mercedes superava Vettel. Lewis Hamilton, depois de uma manhã bem complicada, subia para segundo, com Valtteri Bottas logo atrás. Chamava a atenção a presença de Sergio Pérez, em quinto lugar. Mas o mexicano era beneficiado pelo fato de Max Verstappen ainda não ter feito volta rápida àquela altura. Alexander Albon aparecia em sétimo, atrás também da Renault de Nico Hülkenberg.
Sergio Pérez foi bem nesta tarde em Spa-Francorchamps, mas levou azar no fim (Foto: Racing Point)
Tão logo fez sua primeira volta rápida, Verstappen mostrou o quanto está forte para o fim de semana. Também com pneus macios, o holandês fez a melhor parcial no segundo setor e subiu para segundo, ficando apenas 0s017 atrás. Nas voltas seguintes, no entanto, o piloto mencionou uma perda de potência do motor ao passar pela última chicane da pista. Do lado oposto do grid, Pierre Gasly figurava em 18º lugar, só à frente das Williams de George Russell e Robert Kubica.

Não demorou muito para que os pilotos trocassem os pneus médios pelos macios. Foi assim que Vettel retomou a ponta com 1min44s753. Na primeira volta rápida, Bottas ficou atrás de Seb, enquanto Pérez aparecia novamente muito bem, em terceiro, antes de ser superado por Lewis Hamilton. A ordem na tabela de tempos voltou a mudar pouco depois com a volta rápida de Leclerc com os macios: 1min44s123 para o monegasco, fazendo a melhor volta do dia.

Nas simulações de volta rápida com os pneus macios, a Red Bull ficou devendo. Verstappen ficou em sexto, atrás até de Pérez, enquanto Albon foi o décimo, sendo batido por Kimi Räikkönen, Lance Stroll e Daniel Ricciardo. Lá na frente, Leclerc sobrava com 0s6 de frente para Vettel.

Com o desfecho da primeira metade do treino, pilotos e equipes focaram em realizar as simulações de corrida, de modo que os tempos registrados foram bem mais altos e não reservaram, assim, mudanças na tabela. Durante as simulações, um momento curioso: Gasly teve de lidar com uma linha cruzada no seu rádio, provando que tudo o que está ruim ainda pode piorar.

Também na parte final, Stroll reclamou de um calor excessivo e até de um cheiro de queimado no cockpit, trazendo o temor de um possível incêndio. Mas o problema foi controlado remotamente sem a necessidade do acionamento dos extintores, que estavam de prontidão na mão dos mecânicos. Na verdade, a Racing Point em chamas foi a de Pérez, que enfrentou problemas no motor quando restavam cinco minutos para o fim da sessão. A direção de prova chegou a acionar o safety-car para resgatar o carro do mexicano antes de levantar bandeira vermelha, o que encerrou, na prática, o treino livre 2 em Spa.

F1 2019, GP da Bélgica, Spa-Francorchamps, treino livre 2:

1 C LECLERC Ferrari 1:44.123   28
2 S VETTEL Ferrari 1:44.753 +0.630 30
3 V BOTTAS Mercedes 1:44.969 +0.846 28
4 L HAMILTON Mercedes 1:45.015 +0.892 26
5 S PÉREZ Racing Point Mercedes 1:45.117 +0.994 25
6 M VERSTAPPEN Red Bull Honda 1:45.394 +1.271 20
7 K RÄIKKÖNEN Alfa Romeo Ferrari 1:45.708 +1.585 25
8 L STROLL Racing Point Mercedes 1:45.732 +1.609 21
9 D RICCIARDO Renault 1:45.735 +1.612 26
10 A ALBON Red Bull Honda 1:45.771 +1.648 21
11 C SAINZ JR McLaren Renault 1:45.999 +1.876 28
12 R GROSJEAN Haas Ferrari 1:46.120 +1.997 21
13 N HÜLKENBERG Renault 1:46.209 +2.086 26
14 D KVYAT Toro Rosso Honda 1:46.214 +2.091 24
15 L NORRIS McLaren Renault 1:46.258 +2.135 29
16 A GIOVINAZZI Alfa Romeo Ferrari 1:46.328 +2.205 24
17 P GASLY Toro Rosso Honda 1:46.374 +2.251 28
18 K MAGNUSSEN Haas Ferrari 1:46.399 +2.276 21
19 G RUSSELL Williams Mercedes 1:47.887 +3.764 30
20 R KUBICA Williams Mercedes 1:48.331 +4.208 32
    Tempo 107% 1:51.412 +7.289  
           
REC S VETTEL Ferrari 1:41.501 25/08/2019  
MV V BOTTAS Mercedes 1:46.286 26/08/2019  





Paddockast #31
QUEM NA F1 PASSA DE ANO?


Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.