Hamilton diz que “volta não foi perfeita” em classificação “muito complicada” em Portugal

Lewis Hamilton viu a marca histórica de 100 pole-positions ser ‘roubada’ por seu companheiro de equipe, Valtteri Bottas. Heptacampeão larga em segundo em Portimão

Bottas surpreende e é pole em Portugal: assista aos melhores momentos da classificação da F1 (Foto: GRANDE PRÊMIO com Reuters)

Com o tempo de 1min18s355, Lewis Hamilton anotou o segundo melhor tempo do classificatório neste sábado (1°) e não atingiu a marca de 100 pole-positions na carreira. Hamilton, 0s007 atrás de Valtteri Bottas, lamentou não ter encaixado a melhor volta possível.

Após a Mercedes dominar a sexta-feira de treinos livres, Hamilton viu Max Verstappen assumir a ponta no último treino livre, situação essa que não aconteceu no classificatório, que foi dominado pela equipe anglo-alemã.

Frustrado com a segunda colocação, Hamilton garante que não se acomodou com a posição de largada, mas celebrou a primeira fila conquistada pela equipe e o bom resultado de seu companheiro.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Hamilton em Portumão (Foto: Mercedes)

“Ótimo trabalho do Valtteri e grande trabalho da equipe conquistando a primeira fila. Não era de se esperar nesse final de semana. Temos de ficar felizes com isso. Mas não foi a volta perfeita”, disse Hamilton.

“Não acho que devemos nos satisfazer nunca, devemos seguir em frente, mas estou feliz com o trabalho que temos feito e com os passos que temos dado”, finalizou.

A Fórmula 1 retorna no domingo às 11h (de Brasília) para, enfim, largar em Portimão. O GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e em TEMPO REAL todo o fim de semana do GP de Portugal de F1. Siga tudo aqui.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar