Livre da ‘Era Force India’, Stroll vê “grande mudança” na Racing Point em 2020

Lance Stroll está confiante de que a temporada 2020 será bem melhor que anterior. Baseado em quê? Segundo ele, o fim da migração de Force India para Racing Point permitiu que o trabalho de desenvolvimento começasse mais cedo

O segundo ano de Lance Stroll na Racing Point começou de forma muito mais promissora que o primeiro, segundo o piloto canadense. Filho do dono Lawrence Stroll, Lance destacou que 2019 foi um ano de migração do período Force India para a Era Racing Point, mas 2020 não sofreu impacto destas mudanças.
 
A estabilidade da equipe, que conseguiu trabalhar pensando apenas na pista, é uma arma para a Racing Point. Stroll destacou que o time de Silverstone saiu na frente no trabalho do novo carro.
 
"Eu vi uma grande mudança nesta temporada comparado ao que tínhamos 12 meses atrás. Estávamos definitivamente atrasados em 2019, era muita mudança da Force India para a Racing Point, e esse ano nós saímos na frente com o processo de desenvolvimento", afirmou.
Lance Stroll (Foto: Racing Point)
"Com certeza é muito animador para a equipe e dá confiança de entrar na temporada sabendo quanto trabalho [a mais] de bastidores tivemos com o carro de 2020 comparado de 2019", seguiu.
 
Dono de um pódio na F1, no GP do Azerbaijão de 2018, Stroll acredita na possibilidade de voltar ao top-3 em 2020.
 
"Esse esporte é cheio de surpresas, então tentaremos nos colocar na posição certa quando a oportunidade chegar. É a natureza do esporte, tudo pode acontecer em qualquer domingo, então vamos focar primeiro em Melbourne. A temporada é uma maratona, então tentaremos marcar a maior quantidade de pontos possível e, quem sabem, tenha um pódio em algum momento", torceu.
 
Quanto à parceria com Sergio Pérez, o canadense quer provocar um desafio para aproximar a competição, desigual no ano passado, e vencer o mexicano.
 
"Espero que sim, é o plano. Eu quero vencer meu companheiro de equipe. A F1 é um negócio competitivo, eu também sou competitivo e quero vencer. Mas o ano é longo e veremos como vai terminar em Abu Dhabi. Aprendi lições e criei experiências nos últimos anos. Todos os anos os pilotos passam pela batalha de encerar novos desafios enquanto conhecem o carro. Você tenta descobrir pontos fortes e fracos, tenta evitar os pontos fracos. É o que farei a partir de Barcelona", finalizou.

O GRANDE PRÊMIO cobre AO VIVO, em TEMPO REAL e 'in loco' os testes de pré-temporada da F1 em Barcelona com o repórter Vitor Fazio. Siga tudo aqui.

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube