Mais rápido em Sakhir, Russell diz que tempos são “enganosos” e vê Bottas melhor

George Russell pondera que Valtteri Bottas só não foi o mais rápido da sexta-feira no Bahrein por exceder limites de pista. O britânico sente que ainda precisa trabalhar pesado no carro

George Russell não quer assumir qualquer favoritismo no GP de Sakhir, nem mesmo após liderar os dois treinos livres de sexta-feira (4). Russell, substituto de Lewis Hamilton na segunda corrida no Bahrein, acredita que os resultados não mostram a realidade completa e espera Valtteri Bottas forte tanto em classificação quanto em corrida.

O argumento de Russell é que Bottas teria liderado o segundo treino livre com sobras, não fosse pequena escapada que fez a volta ser deletada por limites de pista.

“Eu acho que os tempos de volta são um pouco enganosas por enquanto, não são uma representação real do ritmo”, disse Russell. “Eu achei que meu TL2 não foi tão bom. Eu tive dificuldades, principalmente com tanque cheio, que vai ser chave no domingo. Ainda tenho muito trabalho por fazer até me sentir confortável com o carro, com o acerto. Preciso melhorar, amanhã vai ser uma história diferente”, seguiu.

George Russell foi o mais rápido do dia no Bahrein (Foto: Mercedes)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“Ser o mais rápido hoje não significa que vou ser o mais rápido amanhã. O Verstappen foi incrivelmente rápido na simulação de corrida. O Bottas foi o mais rápido no TL2, mas teve volta deletada. Ele provavelmente só ganhou 0s05 [saindo da pista], então eu provavelmente estou 0s15 atrás dele em ritmo de classificação. Veremos, estamos melhorando”, destacou.

Russell precisou subir da Williams para a Mercedes por conta do teste positivo de Hamilton para coronavírus. O pupilo foi escolhido por já estar um pouco familiarizado com a equipe alemã, consequência de testes em anos anteriores. Isso não significa, entretanto, que a adaptação é tranquila: George tem dificuldades de se encaixar no assento de Lewis e precisa tomar medidas curiosas, como usar sapatilha um número menor.

O GP de Sakhir é o penúltimo da temporada 2020 da F1. A grande atração da corrida é o uso do anel externo do autódromo barenita, versão muito mais veloz do que a tradicional.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube