Maldonado se diz contente com progresso do E23 e vê Lotus com potencial para brigar por pódios em 2015

Pastor Maldonado afirmou que está contente em ver o progresso da Lotus e o quanto a equipe está mais perto do grupo que briga para alcançar a Mercedes. O venezuelano falou sobre o E23 e disse que o carro de 2015 tem melhor ritmo e é mais consistente

Ao falar do início da temporada 2015 da F1, Pastor Maldonado se disse agradavelmente surpreso com a distância entre a Lotus e as demais equipes que vem no encalço do Mercedes neste ano. O venezuelano também destacou o melhor ritmo apresentado pelo E23, agora equipado com os motores alemães, e da expectativa da equipe em voltar a brigar por pódios.

Maldonado e o companheiro Romain Grosjean conseguiram entrar no Q3 na classificação na Austrália, na primeira etapa da temporada 2015. A corrida, porém, foi outra história. Ambos abandonaram ainda na primeira volta. Pastor se viu envolvido em um toque logo na curva 1 e foi direto para o muro, enquanto Grosjean enfrentou um falha de motor.

Pastor Maldonado vê potencial na Lotus (Foto: Getty Images)

Ainda assim, Maldonado se disse otimista quanto ao futuro. "É bastante surpreendente o quanto conseguimos reduzir a diferença, não para a Mercedes, mas para as equipes que estão logo atrás dela", afirmou o piloto de 30 anos. "Portanto, posso dizer que não estamos tão ruins", completou.

"Precisamos evoluir e lembrar que não estamos progredindo a partir do carro do ano passado, esse é um projeto totalmente novo. Por isso, acho que vamos melhorar cada dia mais, porque nós apresentamos um bom ritmo e temos um carro consistente", acrescentou o venezuelano.

Maldonado acredita que a Lotus terá uma corrida mais forte em Sepang. "Ainda é muito cedo para falar qualquer coisa, porque acredito que surpresas vão aparecer conforme as equipes também comecem a conhecer melhor o potencial de seus carros. Mas com certeza, de tudo que vimos até agora com o E23, posso dizer que estamos bem", declarou.

F1S2015E02

Em Melbourne, a F1 teve de acompanhar o caso que envolveu Giedo van der Garde contra a Sauber antes das atividades em pista. Agora em Sepang, os holofotes se voltam para a salinha médica da FIA, onde serão avaliados Fernando Alonso e Valtteri Bottas, ausentes na primeira etapa do campeonato. É como se a categoria se transformasse em uma série de TV. De ‘Law and Order’, com promotores de justiça às pencas, a ‘ER’, com o drama médico

 (Foto: Getty Images)

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube