Massa não esconde frustração e fala em erro da Williams na estratégia por perda de pódio na Inglaterra‏

Felipe Massa foi absolutamente um dos protagonistas da melhor corrida da temporada 2015 da F1. Só que uma sequência de erros da Williams o tirou da ponta para o quarto lugar. O time de Grove errou também com Valtteri Bottas, estragando uma bela exibição de ambos

Felipe Massa foi um dos protagonistas da melhor corrida da temporada 2015 da F1, o GP da Inglaterra deste domingo (5). O mergulho na largada que o fez chegar à primeira curva na primeira colocação deu o tom do que seria sua prova na parte inicial. Sob pressão com Valtteri Bottas, que veio junto na saída, usando a asa. Mas Massa resistiu até a parada nos boxes. Então começou a sucessão de erros da Williams, que só pararia com os dois carros fora de um pódio que parecia certo.

A largada foi irrepreensível, provavelmente a melhor em algum tempo. Massa pulou para frente e contou com Bottas embarcando junto, passando Nico Rosberg e tentando deixar Lewis Hamilton, que se segurou, mas errou ao tentar passar Massa e caiu uma posição. Daí em diante, Valtteri chegou e a Williams permitiu uma ultrapassagem – contato que limpa. Só que Felipe segurou e apenas perdeu a liderança quando o time de Grove demorou muito mais na troca de pneus que a Mercedes. O resultado foi Hamilton na frente.

Siga o GRANDE PRÊMIO no INSTAGRAM
e fique ligado para concorrer a PRÊMIOS
 

Felipe Massa pula para frente na largada do GP da Inglaterra (Foto: AP)

Mas Massa seguiu em segundo por mais um pedaço da corrida. Até que veio a chuva, e a presão aerodinâmica da Mercedes se sobrepôs. Rosberg passou um Bottas que nem conseguia ficar reto na pista e atacou Massa, passando sem muita resistência. O que seguiu foi uma chuva mais forte. E quando finalmente, a sete giros do fim, a Williams chamou Massa, perdeu o bonde de novo, porque Sebastian Vettel parar antes e ficou na terceira posição. Pódio jogado fora em menos de dez passos.

"Erramos. Na verdade, a primeira parada ele [Hamilton] arriscou e funcionou. Na segunda parada, foi um erro: estava ficando molhando e a gente vinha conversando no rádio. O Hamilton entrou, e a equipe devia estar de olho nisso. A gente perdeu a chance de entrar e ficou sem o pódio. Sem dúvida, seria um pódio bem-vindo pela corrida que a gente fez hoje", disse.

"É frustrante. Fiz uma largada maravilhosa, brigando o tempo todo com as Mercedes, algo que não aconteceu este ano. Fica um pouco de frustração", encerrou.

A próxima etapa do Mundial de F1 acontece no fim do mês, na Hungria, no dia 26 de julho. Em 2014, a vitória foi de Daniel Ricciardo com a Red Bull.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube