Massa vê Mercedes ainda mais rápida, mas diz que Ferrari pode surpreender e ficar com título de 2017

Felipe Massa admitiu que ficou surpresa com a competitividade da Ferrari e acha que a equipe italiana pode mesmo conquistar o campeonato deste ano na F1, ainda que a Mercedes tenha “provavelmente” o carro mais veloz do grid

 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Como muitos, Felipe Massa também se disse surpreso com a competitividade mostrada pela Ferrari logo na abertura do campeonato. De fato, a equipe italiana, que já havia sido forte nos testes coletivos em Barcelona, comprovou a boa forma da pré-temporada e se colocou como uma real ameaça à Mercedes. E a vitória de Sebastian Vettel no GP da Austrália, na prova disputada no último domingo, foi a maior prova do novo momento vivido pelo time vermelho.

 
Em sua coluna no site norte-americano 'Motorsport.com', Massa fez uma análise da primeira corrida do ano e acha que a ex-equipe pode, sim, vencer o Mundial, ainda que a esquadra alemã tenha um colocado na pista um carro “provavelmente mais rápido”. "Realmente, fiquei muito surpreso com a Ferrari", escreveu o brasileiro.
Felipe Massa acha que a Ferrari pode mesmo vencer o campeonato deste ano (Foto: Divulgação)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);
"Após os problemas de 2016, muitos especialistas estavam convencidos de que as dificuldades enfrentadas naquele ano teriam um impacto nas esperanças de um ano melhor nesta temporada. Do lado de fora, a Ferrari continuou a desenvolver seu carro de 2016 até o final do campeonato, o que sugeriu que isso comprometeria o trabalho de 2017. Mas, ao invés disso, a Ferrari fez um ótimo trabalho", completou o piloto da Williams.

 
"O carro foi imediatamente competitivo e acredito que a Ferrari será capaz de ganhar o campeonato. A Mercedes é provavelmente mais rápida por um ou dois décimos, mas Sebastian Vettel confirmou que é capaz de explorar qualquer erro de sua rival, não importa quão pequeno seja", emendou.
 
Massa também acha que a nova hierarquia de forças do grid faz bem à F1 e ajuda a ampliar o interesse dos fãs. "Também é bom para o esporte ter nomes diferentes no pódio. Os fãs vão ter sobre o que conversar, porque obviamente há menos discussões quando uma equipe só ganha."
 
"E eu também espero ser capaz de aproveitar todas as oportunidades que surgirem. Sinto que, neste ano, podemos ter grandes chances. Meu foco agora é o GP da China. No ano passado, saímos de 11º e terminamos a corrida em sexto, o que foi muito bom. Vamos ver o que acontece agora", encerrou.
 
DEBATE QUENTE SOBRE AS ESTREIAS DE F1 E MOTOGP. ASSISTA

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube