Verstappen culpa limites de pista por duas derrotas, mas “prefere isso” a aceitar ser 2º

Pronto para o GP da Espanha deste fim de semana, Max Verstappen garantiu que não mudará seu estilo de pilotagem para 2021

Lewis Hamilton conquistou a vitória 97 na F1: assista aos melhores momentos do GP de Portugal de F1 (Foto: GRANDE PREMIO com Reuters)

Max Verstappen teve chances de superar a Mercedes nas duas corridas da temporada em que foi derrotado por Lewis Hamilton, mas perdeu mesmo assim. O que levou, na última semana, a que se pedisse um estilo diferente na hora de guiar seu Red Bull na temporada 2021. Mas o holandês garantiu, durante a entrevista oficial da FIA em Barcelona, que não fará nada disso e vai manter a mesma abordagem.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

O piloto da Red Bull culpou os limites de pista pelas derrotas – por ter de devolver a posição a Hamilton no Bahrein e perder a pole em Portugal -, mas não acha que suas chances seriam maiores no caso de se tornar um piloto mais dócil dentro do cockpit.

“Se eu não fosse até o limite, não daria para enfrentar a Mercedes. Sim, é verdade é que perdi duas vezes por causa dos limites de pista, mas prefiro isso a aceitar e ficar feliz com o segundo ou o terceiro lugar”, afirmou.

2021 é um ano do equilíbrio de forças na F1 (Foto: AFP)

O GP da Espanha representa a 100ª corrida de Verstappen vestindo as cores da Red Bull na Fórmula 1. Max olhou para o passado para escolher a vitória na estreia, nesta mesma pista, como o grande momento.

“A favorita é a primeira. E, é claro, todas as outras vitórias. Mas, para além de tudo isso, o mais importante é que eu consegui formar mais memórias boas que ruins durante este tempo aqui na equipe”, falou.

O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades deste fim de semana na Catalunha AO VIVO e EM TEMPO REAL.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar