McLaren valoriza pontos, mas lamenta safety-car no Canadá: “Poderíamos ter vencido”

Com Norris em segundo e Oscar Piastri em quinto, Andrea Stella valorizou os pontos obtidos e destacou a pilotagem dos dois jovens da McLaren em Montreal

A McLaren valorizou os pontos conquistados no GP do Canadá de Fórmula 1, neste domingo (9), mas sai da etapa com a sensação de que poderia ter vencido mais uma corrida na temporada. Lando Norris mostrou que pode brigar por algo a mais na F1 e que o carro, realmente, é rápido em todos os tipos de pista.

“Poderíamos ter vencido. Certamente, foi como aconteceu em Miami, mas o safety-car não ajudou. Ele [Norris] estava dois segundos mais rápido do que todo mundo, mas passou do ponto na última curva e isso fez com que fizéssemos o pit-top na segunda volta e perdêssemos a posição”, explicou o chefe da McLaren, Andrea Stella.

Com Norris em segundo e Oscar Piastri em quinto, Stella valorizou os pontos obtidos e destacou a pilotagem dos dois jovens.

“​Estamos otimistas com esse resultado e com a grande quantidade de pontos. Hoje, os pilotos foram extremamente limpos em condições muito difíceis”, concluiu o dirigente.

Lando Norris ficou feliz com 2º no movimentado GP do Canadá (Foto: McLaren)

:seta_para_frente: Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
:seta_para_frente:Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Fórmula 1 volta entre os dias 21 e 23 de junho, em Barcelona, com o GP da Espanha, décima etapa da temporada 2024.

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.