Mercedes confirma conceito radical e leva W13 quase sem sidepods para teste no Bahrein

Equipe alemã trouxe grande mudança em seu carro para a segunda rodada de testes de pré-temporada: sidepods muito menores e mais finos em comparação ao W13 apresentado na Catalunha

Mercedes choca mundo da Fórmula 1 com carro quase sem sidepods (Vìdeo: DAZN España/F1)

A Mercedes confirmou as expectativas e trouxe uma grande mudança em seu carro para os testes de pré-temporada no Bahrein, nesta quinta-feira (10). O W13 que deu as caras no circuito de Sakhir para o início do primeiro dia de trabalhos possui sidepods menores e muito mais finos, em design mais ousado e agressivo.

A mudança já era esperada para os carros da equipe alemã. A Mercedes só não deve ter feito um carro sem sidepods porque estes são obrigatórios pelo novo regulamento esportivo da categoria, por uma questão de segurança. O ‘novo’ W13 tem entradas de refrigeração bem mais estreitas, no lugar das entradas de ar quadradas que apareceram no design anterior, no circuito de Montmeló.

O carro da Mercedes quase sem sidepods (Foto: Reprodução/Ted Kravitz/Twitter)

Outro novo detalhe no modelo da Mercedes é a presença de ‘guelras’ nas laterais. São duas ‘barbatanas’ presentes nas laterais do W13, assim como a Ferrari e a Aston Martin apresentaram em seus carros.

O novo W13 é muito mais fino e compacto, explorando menos a entrada de ar lateral e valorizando as entradas de ar no assoalho. O resultado é um carro mais delgado na lateral e maior no assoalho, facilitando a criação de vórtices que aumentam a pressão aerodinâmica. As soluções inovadoras também devem agradar ao heptacampeão Lewis Hamilton e a seu novo companheiro de equipe, o também britânico George Russell. Os dois dividem o W13 nesta quinta-feira, com Hamilton pilotando pela manhã e Russell à tarde.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

(Foto: Mercedes)

Depois dos primeiros dias de testes em Barcelona, a Fórmula 1 retoma as atividades para a temporada 2022. O palco agora é o Bahrein, que sedia também a primeira corrida do campeonato, em 20 de março. Serão mais três dias de trabalhos no circuito de Sakhir, entre 4h e 13h (de Brasília). A maior categoria do esporte a motor vive uma revolução técnica neste ano. Na tentativa de melhorar o espetáculo e equilibrar as forças do grid, a F1 aposta no conceito do efeito solo – configuração aerodinâmica usada já no fim dos anos 1980. Mas que vem desenhada. 

Além de toda a expectativa envolvendo o novo regulamento, o Mundial também espera uma revanche entre Max Verstappen e Lewis Hamilton. Os dois pilotos travaram uma dura batalha pelo título em 2021 e a tendência é que a briga siga mais uma vez, mas agora com outros elementos. 

Vista de frente do W13 da Mercedes para os testes no Bahrein (Foto: Reprodução/Albert Fàbrega/Twitter)

GRANDE PRÊMIO acompanha a cobertura da pré-temporada da Fórmula 1 no Bahrein AO VIVO e em TEMPO REAL. A análise acontece no Briefing assim que as atividades em pista acabarem.

A SINA DO PRIMEIRO VENCEDOR NA TEMPORADA DA FÓRMULA 1 (DESDE 2017)
COMO O NÚMERO #1 PASSOU A SER USADO PELOS CAMPEÕES DA FÓRMULA 1?
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar